Tamanho do texto

Técnico do Iraque tenta gerar verba para instituições beneficentes no Rio, já que lucro da “pelada” de fim de ano foi paulistas

Zico atuou ao lado de Júnior, revivendo o Flamengo dos anos 80
AE
Zico atuou ao lado de Júnior, revivendo o Flamengo dos anos 80
O Jogo das Estrelas, “pelada” de fim de ano organizada por Zico , foi realizado em 2011 pela primeira vez em São Paulo, já que o Maracanã, palco habitual, está fechado para obras para a Copa do Mundo de 2014. Desta forma, a renda do evento, sempre destinada a entidade beneficentes, ficou com instituições paulistas. Para também ajudar as entidades cariocas, Zico colocou 40 camisas com o seu número, o 10 , à venda através do seu site oficial. Cada uma custa R$ 320, com certificado e agradecimento do Galinho de Quintino e autógrafo personalizado. Todo o lucro será revertido para instituições beneficentes do Rio.

“A gente sempre ajudou algumas instituições no Rio e muitas delas realmente contam com o apoio do Jogo das Estrelas. Por outro lado, eu acho justo que o povo paulista que prestigiou o jogo possa ver a renda do Morumbi revertida para entidades de lá. Foi assim que surgiu a ideia. São camisas 10, a que eu usei, um número de camisas capaz de gerar recursos que vão ajudar muita gente”, comentou Zico.

O Jogo das Estrelas 2011 foi realizado no Morumbi e contou com a presença de craques do presente, como Neymar e Lucas, e do passado, como Zico, Júnior e Raí, irmão do homenageado Sócrates , que morreu no dia da última rodada do Campeonato Brasileiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.