Tamanho do texto

Yair Arrechea, titular do Tolima, promete dar trabalho e minimiza efeitos da falta de forma do atacante

Ronaldo pode não saber muito bem como joga o Tolima ou quais são os jogadores que defenderão a equipe colombiana contra o Corinthians nesta quarta-feira pela fase preliminar da Libertadores. Mas o atacante corintiano pode ter certeza que não terá vida fácil. O zagueiro incumbido de marcá-lo promete dedicação total à tarefa que lhe foi dada.

Yair Arrechea, zagueiro do Tolima
Bruno Winckler
Yair Arrechea, zagueiro do Tolima

“Nós não somos tão famosos, mas temos muita vontade de aparecer e fazer um bom papel. Ronaldo é muito famoso em todo mundo e merece respeito, mas vamos fazer de tudo para barrá-lo”, disse o zagueiro titular do Tolima, Yair Arrechea, de 30 anos.

Há um respeito natural por parte dos jogadores do Tolima em relação a Ronaldo. Nem mesmo a distância do “Fenômeno” da sua forma ideal é vista como vantagem por Arrechea, que até brinca com a situação de Ronaldo. “Se ele se sente bem jogando como está, quem sou para dizer que ele não tem condições de jogo ou não. Na verdade a TV engorda um pouco as pessoas”, brincou o zagueiro, no Tolima há um ano.

O zagueiro assistiu aos últimos jogos de Ronaldo e notou que o atacante não tem mais as mesmas características que o fizeram famoso no mundo. “A mobilidade não é a mesma, mas ele continua imprevisível”, avalia Arrechea, que foi alertado para o trabalho de pivô que Ronaldo tem desempenhado no Corinthians nos últimos anos.

“Ele é um atacante que pode jogar de costas para o gol e se virar pode ser muito perigoso. A gente não pode deixá-lo girar. Se isso acontecer pode ser tarde demais. Jogadores como Ronaldo precisam só de uma bola para decidir um jogo”, comentou.

Além da atenção a Ronaldo, os zagueiros do Tolima também foram alertados para a velocidade dos outros dois atacantes corintianos: Dentinho e Jorge Henrique. “Me parece que Dentinho também é muito perigoso. Ele é veloz, tem facilidade de driblar e isso pode ser decisivo. Estamos atentos a isso também”, disse Arrechea, ansioso também para jogar contra Roberto Carlos. "Ele tem um vigor impressionante. Está em plena forma há uns 20 anos", comentou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.