Tamanho do texto

Vinícius Simon, bastante elogiado em 2010, ‘sumiu’ com a chegada de Muricy Ramalho

O zagueiro Vinícius Simon considera a oportunidade de jogar o Campeonato Paulista como um espécie de teste para a sua permanência no Santos nesta temporada. Com 25 anos, o defensor disse que prefere deixar o clube caso não tenha oportunidades com o técnico Muricy Ramalho.

Veja o vídeo: Adriano pede jornalista em casamento e beija noiva no CT

“Eu já tenho 25 anos e não tenho muito tempo de futebol, então se vier uma proposta boa para mim e para o Santos, eu posso ver”, afirmou Vinícius Simon.

O zagueiro foi bastante elogiado em 2010, quando foi utilizado pelo técnico interino Marcelo Martelotte. Vinícius Simon , inclusive, foi um dos destaques da vitória do Santos por 3 a 0 diante do Fluminense , que liderava a competição e chegou ao título no final daquele ano.

Leia ainda: Santos tenta Alex, do Chelsea, e inicia negociações com Alex Silva

Na época, Vinícius formou a dupla de zaga ao lado de Durval, e anulou os artilheiros Washington e Fred, que formavam o trio de atacantes dos cariocas ao lado de Rodriguinho.

Confira infográfico do mapa dos campeonatos estaduais

No entanto, o jogador sumiu de cena com a chegada de Muricy Ramalho, conhecido por não utilizar atletas formados nas categorias de base dos clubes em que trabalha.

“No ano passado eu pedi pra ser utilizado. Daí ele (Muricy Ramalho) disse no ano passado para eu esperar, que ia me dar uma chance no começo do ano, e agora cabe a mim aproveitar”, disse Vinícius.

Leia mais: Santos está perto de contratar lateral-esquerdo Juan do São Paulo

O zagueiro está confirmado como titular para o jogo de estreia do Santos B no Paulista, contra o XV de Piracicaba, no estádio Barrão de Serra Negra, neste sábado, às 19h30 (de Brasília), no interior paulista.

“É uma oportunidade boa para nós que não jogamos, começar o Campeonato Paulista. Estamos preparados, agora é aproveitar a chance que o Muricy está dando”, concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.