Tamanho do texto

Zagueiro revelou ainda que o atacante Dagoberto pediu desculpas ao grupo após declarações polêmicas

O São Paulo venceu seus cinco primeiros jogos do Brasileirão, o time levou apenas um gol nesse período e a defesa foi exaltada como uma das melhores do País. Depois, vieram o clássico contra o Corinthians e o duelo contra o Botafogo, a equipe levou sete tentos nessas duas partidas e o que era motivo de orgulho virou preocupação. Para o zagueiro Xandão , titular em todos os jogos no torneio, não existe explicação para a má fase do sistema defensivo.

Siga o iG São Paulo no Twitter

É complicado chegar agora e achar uma explicação. De repente uma defesa considerada a melhor do campeonato toma cinco gols dentro de um clássico e depois perde em casa. O jogo contra o Corinthians é difícil de tentar explicar. Foi um resultado desastroso, uma catástrofe, ninguém imaginava. E ai não conseguimos nos recuperar a tempo para se reabilitar diante do Botafogo. O fator psicológico pode ter pesado bastante", avaliou o camisa 13.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Segundo o zagueiro, um outro fator que tem pesado contra no São Paulo é a grande quantidade de desfalques. Casemiro, Bruno Uvini, Henrique e Willian José na seleção sub 20, além de Lucas, no time principal do Brasil, estão fazendo falta. Por isso, Xandão comentou até um possível adiamento de jogos para que o São Paulo não seja prejudicado.

Xandão, zagueiro do São Paulo
Vipcomm
Xandão, zagueiro do São Paulo
"Para mim, particularmente, se tivesse esse adiamento dos jogos seria melhor. São jogadores que fazem muita falta. Na minha opinião, seria o mais interessante para o São Paulo. Nosso calendário é bem apertado e lá na frente a gente repõe", analisou o defensor.

Xandão revelou também que Dagoberto pediu desculpas ao grupo pelas declarações polêmicas que deu logo após a goleada sofrida diante do Corinthians. Na ocasião, na sáida do jogo, o atacante disse que aquela era a realidade do São Paulo . O camisa 25, porém, disse que foi mal interpretado .

"Fiquei sabendo de tudo através da imprensa. Não falei com ele (Dagoberto) naquele momento. Ele foi liberado no dia seguinte. Mas, com o sangue quente, ele acabou reconhecendo o que ele falou. Ninguém esperava isso, ainda mais vindo dele, mas ele já assumiu o erro, pediu desculpa para o grupo. Temos que esquecer dessa polêmica", finalizou Xandão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.