Tamanho do texto

Amaral é o nome mais cogitado para vaga do jogador, que ainda não renovou seu contrato

A novela que se tornou a renovação de contrato do volante Fabrício com o Cruzeiro parece estar perto do fim. O jogador tem uma proposta do time mineiro em mãos, mas ainda não deu seu parecer. O tempo de contrato estaria atrapalhando o negócio, já que o atleta quer um vínculo por um período de tempo maior. Com o impasse, o Cruzeiro se movimenta para reforçar o setor.

Leia também: Clube russo topa cobrir multa rescisória para levar goleiro Fábio

Amaral , que disputou o Brasileirão pelo América-MG , é a "bola da vez". O jogador já disse que não permanece no América-MG depois do rebaixamento por ter mercado em outros clubes da Série A. A diretoria celeste informou que o jogador realmente interessa e as negociações avançam.

Veja também: Empresário de Montillo contraria o Cruzeiro e negocia com clubes brasileiros

Quanto a Fabricio, o destino do jogador deve ser resolvido na próxima segunda-feira. O empresário do atleta, Reinaldo Pitta, estuda uma proposta enviada pelo Cruzeiro. O clube mineiro ofereceu um novo vínculo de dois anos, enquanto Fabrício almeja três anos de contrato. O jogador já está na reta final de sua carreira e procura estabilidade.

O presidente eleito do Cruzeiro, Gilvan de Pinho Tavares, afirma que o salário não vem sendo um problema na negociação. "O salário está ok. Mas ele quer três anos de contrato e nós oferecemos dois. O empresário dele pediu até segunda-feira para decidirmos isso", disse Gilvan Tavares. O São Paulo já manifestou interesse pelo jogador e aguarda por um desfecho negativo na renovação para investir forte no atleta.

Além de Fabrício, o Cruzeiro também pode perder outros dois volantes para 2012 . Marquinhos Paraná e Charles ainda não renovaram seus contratos. A situação do primeiro é mais tranquila, mas Charles dificilmente permanece na Toca da Raposa II no ano que vem.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente o impasse com Fabrício

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.