Tamanho do texto

Em 2010, equipe de Luiz Felipe Scolari reverteu situação exatamente igual no Pacaembu

Se o clima de pessimismo dominou as palavras de Marcos após a derrota do Palmeiras por 2 a 0 contra o Vasco, o torcedor palmeirense mais otimista pode se apegar ao que disse Luiz Felipe Scolari. O treinador afirmou que o passado prova que a virada é possível no segundo jogo, marcado para o dia 24, às 21h50, no Pacaembu.

Em 2010, também pela Copa Sul-Americana, já com Felipão no banco, o Palmeiras perdeu por 2 a 0 do Vitória na partida de ida e reverteu a situação aplicando 3 a 0 no Pacaembu, com um golaço de Marcos Assunção e outros dois de Tadeu. Até mesmo o árbitro Leandro Pedro Vuaden entra na coincidência.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

“Ano passado começamos contra o Vitória com o mesmo juiz e com os mesmos 2 a 0 contra. Aliás, nos últimos seis jogos, só ganhamos um com arbitragem do Leandro Vuaden, mas deixa para lá, porque vou ser julgado de novo. Depois, recuperamos o jogo em casa contra o Vitória. As dificuldades agora são idênticas. Temos de ganhar o jogo em casa por uma diferença maior, simples assim”, disse o comandante.



Ao analisar o jogo, Felipão afirmou que fará mudanças e que escalará atletas mais altos a partir de agora. Ele, no entanto, evitou fazer críticas duras em público e deixou nas entrelinhas o que vai acontecer para o próximo jogo no calendário, que também é contra o Vasco, mas, desta vez, pelo Brasileirão.

“Primeiro tivemos um escanteio, a bola bateu no Diego Souza e entrou. No segundo gol, a jogada nasceu de um quase gol nosso e no contra-ataque eles fizeram. Vou fazer o quê? O Vasco tem uma equipe bem qualificada e organizada, aproveitou as chances que teve, e temos de fazer o mesmo no jogo da volta”, completou.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.