Tamanho do texto

Atacante fraturou a tíbia durante o confronto contra o Al-Sadd, nas semifinais do Mundial de Clubes

Após se lesionar na disputa da semifinal do Mundial de Clubes, contra o Al-Sadd, do Catar, o atacante espanhol David Villa deve passar por cirurgia na tíbia neste final de semana, ou no mais tardar na segunda-feira. Ele chegou a Barcelona em voo de carreira nesta sexta-feira, sendo ovacionado por torcedores presentes no aeroporto de Prat.

O médico Ramón Cugat, responsável pelo procedimento cirúrgico, foi quem informou as medidas a serem tomadas com o atleta, e justificou o fato de a cirurgia ser apenas em alguns dias. "A inflamação da zona lesionada recomenda paciência", comentou.

O pai de Villa esperava o artilheiro muito emocionado nesta tarde, com cartazes para recepcioná-lo após o longo voo vindo de Yokohama, com escala em Frankfurt. O tempo  de estaleiro estimado pelos médicos do Barça, ainda em território nipônico, foi de cinco meses.

Cugat, que fará o trabalho na Clínica Quirón, preferiu não falar sobre tempo de recuperação até ver diretamente o paciente, e recomendou paciência. "A inflamação, a viagem e as horas parado impedem que a gente fale sobre o diagnóstico agora", completou.

Villa teve uma fratura na tíbia esquerda e pode ficar fora até mesmo da Euro-2012
Reuters
Villa teve uma fratura na tíbia esquerda e pode ficar fora até mesmo da Euro-2012

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.