Tamanho do texto

Atuação decisiva na vitória do Manchester City sobre o Chelsea, após seis meses sem jogar, chamou a atenção de Adriano Galliani

Tevez saiu do banco e ajudou o City a vencer o Chelsea
AP
Tevez saiu do banco e ajudou o City a vencer o Chelsea
Após ficar cerca de seis meses afastado dos campos, Carlitos Tevez retornou em grande estilo ao Manchester City . Na vitória por 2 a 1 sobre o Chelsea nesta quarta-feira, em jogo válido pelo Campeonato Inglês , ele entrou no segundo tempo e foi responsável pela assistência no gol da virada da sua equipe, marcado pelo meia Nasri . A atuação decisiva levou Adriano Galliani, vice-presidente do Milan , a lamentar o fato de o que time italiano não tenha conseguido contratar o argentino na última janela de transferências.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Um trem como esse não passa na nossa frente duas vezes”, disse Galliani. “Eu o vi em ação ontem e, mesmo após seis meses sem jogar, ele atuou da mesma maneira como sempre esteve acostumado e mudou a partida que pode ter sido crucial para o Manchester City”, completou.

Leia também:  Arsenal vence e ultrapassa Tottenham, que só empata

Em janeiro, o City estava disposto a vender Tevez, que estava afastado por ter se recusado a entrar em campo durante uma partida da equipe na fase de grupos da Liga dos Campeões . O Milan ficou bem perto de um acordo para contar com os serviços do jogador, mas as negociações acabaram fracassando e o time contratou um outro atacante argentino: Maxi Lopez, que estava no Catania.

Veja ainda:  Técnico da Itália diz que Balotelli precisa se controlar

“Estava apaixonado pelo Tevez, mas o destino decidiu agir de maneira diferente, e nós estamos mais do que felizes com Maxi Lopez”, afirmou Galliani.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.