Tamanho do texto

Santiago Silva, ex-jogador do Corinthians, marcou 2 vezes na vitória do Vélez sobre o Caracas, eliminado

Fortemente ameaçado de ser eliminado já na primeira fase da Copa Libertadores, o Vélez Sarsfield mostrou força nesta quinta-feira, foi até a Venezuela, venceu o Caracas por 3 a 0 e se garantiu nas oitavas de final da competição continental com a segunda colocação do grupo 4. Santiago Silva, ex-jogador do Corinthians, marcou duas vezes para o Vélez na segunda etapa.

Juan Martínez e Santiago Silva comemoram gol do Vélez
EFE
Juan Martínez e Santiago Silva comemoram gol do Vélez

Maxi Moralez havia aberto o placar na primeira etapa. Precisando apenas de um empate para se classificar, o Caracas, que liderava a chave até a abertura desta última rodada, acabou eliminado.

Quem avançou em primeiro do grupo 4 foi o Universidad Católica, que venceu o clássico chileno contra o Unión Española por 2 a 1 nesta quinta. Em casa, saiu perdendo com um gol de Harbottle logo no segundo minuto depois do intervalo. Empatou logo em seguida, com Calandria. Aos 33, Canete fechou o placar.

O grupo terminou com a Católica com 11 pontos, seguida do Vélez, que foi a dez. O Caracas ficou com nove, contra quatro do lanterna Unión Española, ambos eliminados

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.