Tamanho do texto

Meia vai assinar rescisão com o Milan e pode anunciar o seu futuro clube nesta quinta-feira

A possibilidade do final da “novela Ronaldinho” e da definição de qual clube o meia defenderá em 2011 levou centenas de torcedores e curiosos à frente do Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. No hotel, estão reunidos o jogador, seu irmão e empresário, Roberto Assis, e o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani. Está marcado para às 15h uma entrevista coletiva com a presença dos três para anunciar a rescisão do meia-atacante com o clube italiano.

Torcedores aguardam a decisão de Ronaldinho Gaúcho, em frente ao Copacabana Palace
Vicente Seda, iG Rio de Janeiro
Torcedores aguardam a decisão de Ronaldinho Gaúcho, em frente ao Copacabana Palace


Apesar do Grêmio já dar como quase certa a ida de Ronaldinho para o clube, Assis não confirmou o acerto. Entre os torcedores presentes em frente ao Copacabana Palace, uma gremista torce pela ida do astro para o Olímpico. “Espero que agora se confirme. O presidente já deu a palavra, mas só acredito se ele vestir a camisa”, afirmou a estudante Deisy Wust, que passa as férias no Rio de Janeiro. Indagada sobre o que acharia se o jogador escolhesse o Rio, ela deu indícios de que o "vilão", para os gremistas, seria o irmão de Ronaldinho, Assis. "Seria mais uma sacanagem dele", avisou, referindo-se à saída do atleta de Porto Alegre em 2001.

A maioria que aguardam a chegada do jogador em frente ao hotel é formada por flamenguistas. É o caso de um torcedor que foi fantasiado ao local. Se apresentando como “Anjo Rubro-negro”, ele é figura conhecida nas arquibancadas do Maracanã.

“Tem que vir para cá, não tem jeito. Ronaldinho no mengão em 2011. Samba, funk, praia, noite: está tudo aqui”, afirmou o torcedor.
Flamenguista acredita no acerto do clube com Ronaldinho Gaúcho
Vicente Seda, iG Rio de Janeiro
Flamenguista acredita no acerto do clube com Ronaldinho Gaúcho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.