Tamanho do texto

Após muro pichado, Palmeiras sofre com novo ato de vandalismo, desta vez, na Academia de Futebol

Depois de pichar os muros do Palestra Itália , os torcedores do Palmeiras resolveram protestar com mais atos de vandalismo. O carro de Luan amanheceu com um vidro quebrado nesta sexta-feira após a goleada sofrida por 6 a 0 diante do Coritiba .

A versão oficial do clube é de que a arma chamada de “coquetel Molotov”, que é uma garrafa incendiada, foi arremessada por cima do muro e acertou justamente o carro do jogador. O muro do estacionamento da Academia de Futebol do Palmeiras é bastante alto e não dá visão para quem passa na rua. Além disso, o portão de entrada também fica bem longe dos carros.

Mesmo assim, funcionários do Palmeiras dizem que ninguém entrou no local durante a madrugada. O caso deve ser estudado e a polícia deve investigar para tentar identificar os culpados.

Para evitar violência, o Palmeiras já havia deixado de voltar de avião e fez uma viagem surpresa, de ônibus, desembarcando na capital paulista por volta das 7h, sem avisar torcedores e imprensa.

O clima no Palmeiras não é dos melhores. Além da derrota vexatória, Marcos também questionou a vontade de seus companheiros . Já Felipão, bem mais calmo do que o normal e nitidamente abatido , apenas afirmou que precisará trabalhar a auto-estima do grupo.

Recentemente, logo após o Corinthians ser eliminado pelo Tolima, na pré-Libertadores, torcedores invadiram o CT do clube e também quebraram carros. Ronaldo e Roberto Carlos deixaram o time após os incidentes. Até agora, nada foi feito. 

Depois da pichação no muro, o carro de Luan foi alvo de vandalismo
AE
Depois da pichação no muro, o carro de Luan foi alvo de vandalismo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.