Tamanho do texto

Jean Pierre Gonçalves Lima e Altemir Hausmann anotaram pênalti contra o Corinthians

Jean Pierre Gonçalves: erro e agressão
Gazeta Press
Jean Pierre Gonçalves: erro e agressão
Quatro torcedores do Corinthians , dois deles usando a camisa de uma torcida organizada do clube, agrediram o auxiliar de arbitragem Altemir Hausmann e intimidaram o árbitro Jean Pierre Gonçalves no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, nesta segunda-feira. Os dois faziam conexão para Porto Alegre após o jogo entre América-MG e Corinthians, em Uberlândia, no domingo, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em jogo de erros da arbitragem, Corinthians perde "em casa", mas continua líder

O árbitro foi criticado após a partida devido a dois pênaltis marcados na vitória do time mineiro por 2 a 1 . Primeiro, aos 33 minutos da etapa inicial, Gonçalves viu falta do lateral-direito Alessandro em Kempes dentro da área. Na verdade, o lance aconteceu antes da meia-lua. Depois, aos 45 minutos, o árbitro anotou outro pênalti em lance também duvidoso de Amaral, do América, sobre Emerson. Desta vez, ao menos, o lance aconteceu dentro da área.

Leia também:  Tite reconhece jogo ruim, mas se defende: "Aqui não tem cagalhão"

O Corinthians divulgou nota de repúdio contra o ato de seus torcedores. "Em relação aos fatos ocorridos na manhã desta segunda-feira, o Sport Club Corinthians Paulista repudia toda e qualquer forma de violência. Este não é o caminho para decisão do ponto de vista esportivo ou de qualquer natureza", disse a nota.

null

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.