Tamanho do texto

Técnico do Corinthians diz que está preocupado com os vários erros dos juízes no Brasileirão

Preocupado com os constantes erros de arbitragem que tem visto no Campeonato Brasileiro, Tite, o técnico do Corinthians, conversará com a sua diretoria para que o clube passe a ajudar a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) a pagar árbitros extras para os jogos, usando a prática que foi testada no Campeonato Paulista, colocando homens extras atrás da linha de cada linha de fundo.

Além disso, Tite afirmou que o 4º árbitro precisa estar em constante comunicação com o restante dos juízes que estiverem em campo, para facilitar na hora de passar informações.

Siga o Twitter do iG Corinthians e receba as notícias do seu time em tempo real

“Vou sugerir para a direção do Corinthians que o time ajude a pagar árbitros extras e também em um sistema de comunicação. Ninguém aqui quer levar vantagem em nada. Vamos colocar um árbitro de fundo, dar tranquilidade para o central. O único que não sai do jogo com a vitória é o árbitro. Se ele fizer a partida perfeita, não recebe os elogios, se errar, recebe críticas. Temos que colocar árbitro no fundo e colocar comunicação entre eles”, afirmou o comandante na coletiva desta sexta-feira.

Tite citou os vários erros do jogo entre Grêmio e Corinthians, até mesmo a favor de sua equipe e saiu em defesa dos árbitros, afirmando que eles perdem muito a voz por sentirem a pressão das autoridades caso reclamem de algo em público.

“Quando é coisa boa, a gente tem que enaltecer e ultimamente a gente só se lamenta, sem dar sugestão. Eles (árbitros) estão com medo de falar, por isso estou falando isso. A arbitragem está com medo de falar isso e de ser punida, porque eles estão muito pressionados”, finalizou.

Coloque seu time em 1º lugar no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.