Tamanho do texto

Meia apontou erros na derrota para a LDU, em 2008, mas acredita que atual elenco pode levar o título

Photocamera
Thiago Neves fez quatro gols nas finais da Libertadores de 2008, mas ficou sem o título
Quatro gols em dois jogos das finais de Copa Libertadores. Nem com a marca histórica, a competição internacional trás boas lembranças para o meia Thiago Neves, que apesar da atuação de destaque no torneio, acabou perdendo o título para a LDU em 2008, nos pênaltis, quando ele perdeu uma das cobranças, encerrando o sonho da torcida tricolor.

Por isso, na volta ao time das Laranjeiras, a disputa da competição se tornou o principal objetivo de Thiago Neves. Mais experiente, o jogador acredita que aprendeu com os erros de 2008 e vê qualidade para que o Fluminense conquiste o título pela primeira vez.

Leia mais: Fluminense confirma empréstimo do meia Marquinho a Roma

“Acho que o primeiro jogo da final foi o que mais serviu de lição, porque a gente não tinha levado dois gols em um tempo na Libertadores inteira, e no primeiro tempo daquele jogo, nós levamos logo quatro. Então acho que todos reconhecem que a gente perdeu a final no primeiro jogo”, destacou Thiago Neves, citando a derrota de 4 a 2 no Equador.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A própria contratação do meia faz parte de um plano ambicioso da Unimed, patrocinadora do clube, que também trouxe o diretor-executivo Rodrigo Caetano e fortaleceu o elenco. Para Thiago Neves, a qualidade do time permite acreditar na conquista inédita.

Veja mais: Criticados em 2011 recuperam confiança de Abel nesta temporada

“Estou ansioso, pois minha primeira Libertadores foi pelo Fluminense e foi da maneira que foi. Estou ansioso, claro, mas tranquilo, sei onde posso ir. Então vamos com calma, mas o nervosismo acho que não da para tirar de mim. É uma competição de muita força, muita qualidade. E montamos um elenco para isso, para conquistá-la”, finalizou o meia.

Entre para a Torcida Virtual do Fluminense e comente a disputa da Libertadores

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.