Tamanho do texto

"A luta é incorporada dentro dos times que eu comando, não se trata só do fato de ser um time uruguaio", disse o treinador

Para o técnico Oscar Tabárez, o Uruguai voltou a jogar com o espírito e a competência da Copa do Mundo-2010. Neste sábado, a Celeste foi persistente em campo e superou a Argentina nas quartas de final da Copa América com uma vitória nos pênaltis .

"Creio que nos momentos mais difíceis apareceram muitas coisas que fizemos no Mundial da África do Sul", exaltou Tabárez, lembrando da campanha do quarto lugar do país no torneio do ano passado.

O comandante também comentou sobre o espírito de luta do Uruguai, que disputou o segundo tempo praticamente inteiro com um a menos pela expulsão do volante Pérez - pouco antes da prorrogação, o argentino Mascherano também recebeu o vermelho.

"A luta é incorporada dentro dos times que eu comando, não se trata só do fato de ser um time uruguaio", disse Tabárez, que ainda elogiou a participação de um rival, o meia Messi, principalmente no primeiro tempo.

"Ele desequilibrou em quase todas as jogadas. É um grande jogador em ações individuais. Trabalhamos muito durante a partida porque sabemos que esses atletas são determinantes. Ele jogou uma boa partida", emendou Tabárez.

Na próxima fase da Copa América, o Uruguai enfrenta o surpreendente Peru e entrará em campo como favorito. Ainda assim, Tabárez pede respeito. "Vamos festejar a classificação de hoje (sábado), mas temos a obrigação de buscar mais", encerrou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.