Tamanho do texto

Classificação é assegurada com vitória sobre Burkina Faseo e com a derrota de Angola pra a Costa do Marfim

selo

Muawia Bashir, do Sudão, é desarmado por Prejuce Nakoulma, de Burkina Faso
AP
Muawia Bashir, do Sudão, é desarmado por Prejuce Nakoulma, de Burkina Faso
O Sudão iniciou a rodada final da primeira fase da Copa Africana de Nações na terceira colocação do Grupo B, com apenas um ponto em dois jogos. No entanto, com a vitória sobre Burkina Faso, por 2 a 1, e a derrota de Angola para Costa do Marfim, por 2 a 0, a seleção garantiu a segunda vaga da chave para as quartas de final da competição, nesta segunda-feira.

Leia também: Ásia pede revisão de regra que proíbe uso de véu por mulheres

Com o triunfo, Sudão chegou aos quatro pontos, mesmo número de Angola, mas levou vantagem no saldo de gols (0 a -1). Assim, os sudaneses garantiram a segunda colocação no grupo e enfrentarão a Zâmbia, primeira colocada do Grupo A, na próxima fase.

A outra classificada do Grupo B foi Costa do Marfim. Com a vitória desta segunda-feira, a seleção do atacante Didier Drogba chegou aos nove pontos, fechando a primeira fase com 100% de aproveitamento e na liderança da chave. Na próxima fase, o adversário será Guiné Equatorial, que sedia o torneio ao lado do Gabão.

Veja ainda: International Board revisará lei para jogadoras usarem hijab

Nesta segunda-feira, Angola precisava apenas de um empate para se garantir nas quartas de final, mas acabou sendo derrotada pelos marfinenses por 2 a 0, com gols de Eboué e Wilfried. No mesmo horário, Sudão venceu por 2 a 1 Burkina Faso, com dois gols de El-Tahir - Dagano descontou -, e garantiu a vaga.

As partidas das quartas de final entre Zâmbia e Sudão, e Costa do Marfim e Guiné Equatorial serão disputadas neste sábado. Nesta terça e quarta-feira saem os classificados dos Grupos C e D.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.