Tamanho do texto

Volante deve definir seu futuro até o final da semana e não treinou nesta quarta. Meia que voltou da seleção entrou no seu lugar

No primeiro treino coletivo de Adilson Batista no São Paulo , o comandante não fez mudanças drásticas na equipe e manteve a mesma base deixada por Carpegiani e, depois, por Milton Cruz. No meio de campo, o técnico colocou Lucas e Rivaldo entre os titulares, com Marlos mais avançado ao lado de Dagoberto. Sem Casemiro, que está na seleção sub 20, Carlinhos Paraíba formou a dupla de volantes com Wellington.

Siga o iG São Paulo no Twitter

Com isso, o time de Adilson foi esse: Rogério Ceni, Jean, Xandão, Rhodolfo e Juan; Wellington, Carlinhos Paraíba, Rivaldo e Lucas; Marlos e Dagoberto. A ausência nos trabalhos foi Rodrigo Souto . O volante foi liberado para uma reunião com a diretoria são-paulina e deverá definir seu futuro até o final da semana. Ele já aceitou uma proposta do Jubilo Iwata, do Japão, e só aguarda uma definição da cúpula tricolor.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Em contato com a reportagem do iG , o empresário de Souto, Marcelo Robalinho, disse que o fracasso da negociação do São Paulo com Felipe Melo travou a liberação do volante para o futebol japonês, mas ele acredita que o atleta irá mesmo para o Jubilo. 

Denilson em ação no treino desta quarta-feira
Vipcomm
Denilson em ação no treino desta quarta-feira
O recém-contratado Denilson participou das atividades no time reserva, mas, durante o treino, foi colocado entre os titulares na vaga de Marlos. A equipe suplente teve Ilsinho e Henrique Miranda nas laterais, com Luiz Eduardo e Rodrigo Caio na zaga. Zé Vitor, Cícero, João Felipe (depois Dener) e Denilson jogaram no meio. Fernandinho e Bruno Cantanhede formaram o ataque.

A próxima partida do São Paulo será no sábado, contra o desesperado Atlético-GO, no estádio do Morumbi. A partida é válida pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Neste duelo, Adilson fará sua estreia no comando da equipe. Denilson também poderá reestrear, caso sua situação seja regularizada na CBF.