Tamanho do texto

Reunião ainda será feita também com Corinthians, São Paulo e Santos para estabelecer uma posição conjunta em casos de violência

João Vitor após a confusão com torcedores
Futura Press
João Vitor após a confusão com torcedores
A confusão envolvendo o volante João Vitor e torcedores do Palmeiras teve mais um desdobramento nesta terça-feira. O presidente do Sindicato dos Atletas Profissionais de São Paulo, Rinaldo Martorelli, se reuniu com jogadores do Palmeiras na Academia de Futebol para conversar sobre o assunto.

"Nós tivemos uma reunião com o Sindicato. Corinthians , São Paulo e Santos também terão. E isso deve ser passado também por outros estados", afirmou o goleiro Deola.

Palmeiras está em 12º no Brasileirão. Veja a tabela

A reunião desta terça começou depois de uma conversa entre representantes do Sindicato e o goleiro Marcos, na semana passada, pouco após a briga entre torcedores e João Vitor.

A ideia é estabelecer com os outros clubes grandes paulistas uma posição conjunta em caso de o problema se repetir, seja em qualquer equipe. Na semana passada, Martorelli confirmou que procurou também o Ministério Público e a Secretaria de Segurança para tratar do assunto.

Na reunião desta terça, o presidente da associação aproveitou para falar também com os jogadores sobre a possibilidade de aumentar o tempo de pré-temporada.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.