Tamanho do texto

Equipe gaúcha só conseguiu empatar três das seis partidas em que saiu perdendo

Roberson (17) empatou jogo com o Vasco aos 39 minutos do segundo tempo
Gazeta Press
Roberson (17) empatou jogo com o Vasco aos 39 minutos do segundo tempo
Sair atrás no placar é sinônimo de insucesso do Grêmio . Dos seis jogos em que esteve em desvantagem, a equipe gaúcha não teve poder de reação e só conseguiu empatar três. A outra metade de derrota é uma das explicações para a campanha irregular no Brasileirão .

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

No Olímpico, a equipe de Julinho Camargo começou perdendo para Vasco, Avaí e América-MG. Buscou a igualdade em todas no segundo tempo. Fora de casa, diante de São Paulo, Botafogo e Cruzeiro, não teve forças.

O dado preocupa o capitão Fábio Rochemback. Para o volante, a receita é óbvia: reverter a lógica e abrir o placar antes do rival:

"Temos de mudar e começar a sair ganhado em mais jogos. É o mais importante, afinal, assim, não precisamos correr atrás".

Foi o que aconteceu nos jogos com Corinthians, Atlético-PR, Bahia e Coritiba – veja a relação de duelos do Grêmio . Não fosse assim e a colocação na tabela de classificação, 14º com 13 pontos, seria pior.

A próxima chance de melhorar o desempenho é contra o Flamengo, sábado, às 18h30min, no Rio de Janeiro. Antes, o Grêmio treina na manhã desta sexta-feira no Olímpico.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.