Tamanho do texto

Jucilei e Elias ficaram sabendo do empate do Fluminense após o desembarque no Catar. No voo, eles ouviram as reclamações do dirigente do Cruzeiro sobre pênalti em Ronaldo

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860309012&_c_=MiGComponente_C

Foram 14 horas de voo de São Paulo à Doha, onde o Brasil enfrenta a Argentina na próxima quarta-feira. Mas parece que o duelo contra os rivais sul-americanos não foi o assunto mais comentado na longa viagem da comissão técnica e dos jogadores da seleção que atuam no pais. A briga pela disputa do título brasileiro dominou as conversas no avião, que tinha os corintianos Elias e Jucilei e o presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, escolhido pela CBF (Confederação Brasileira de Futebol) para chefiar a delegação.

Ele estava bem brabo mesmo, mas eu e o Elias argumentamos que o Gil empurrou o Ronaldo. Deu para ver na televisão, disse Jucilei, no hotel onde a seleção brasileira está hospedada em Doha, referindo-se ao pênalti sofrido pelo atacante.

Divulgação/CBF
Jucilei e Elias tiveram que escutar durante o voo as reclamações do presidente do Cruzeiro, Zezé Perrela

Apos a partida entre Corinthians e Cruzeiro, no sábado, vencida pelos paulistas, o presidente do clube mineiro chegou a dizer que não viajaria para Doha. Zezé Perrella afirmou que havia um esquema da CBF para favorecer o time paulista e xingou o árbitro Sandro Meira Ricci.

No domingo, o dirigente mudou de ideia e apareceu no aeroporto normalmente para embarcar com a seleção brasileira. Segundo os corintianos Elias e Jucilei, no avião, o cruzeirense continuava indignado, mas já estava mais calmo. Na chegada ao Catar, ele não deu entrevistas.

Quando o avião que levava a comissão técnica e os jogadores que atuam no Brasil chegou em Doha, o jogo entre Fluminense e Goiás ainda não havia terminado.  A gente acompanhou na internet e comemorou o resultado, quando acabou. O importante foi que fizemos a nossa parte, afirmou Elias. O resultado deixa o Corinthians na liderança isolado do Campeonato Brasileiro.

Além de Elias e Jucilei, Neymar, Douglas, Réver, Victor, Jefferson, Neto, Lucas e Andre chegaram a Doha neste domingo. Os outros jogadores que atuam na Europa se apresentarão nesta segunda-feira.

A presença mais aguardada, a de Ronaldinho Gaúcho, que volta à seleção após mais de um ano esquecido, deve ocorrer por volta das 13h de Brasília, duas horas antes do primeiro treinamento do time.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.