Tamanho do texto

Mesmo com as contratações dos outros times, Neymar e Borges fizeram mais gols na última temporada

O mercado da bola anda agitado nesse início de 2012 e os times reforçam seus setores ofensivos para garantir muita bola na rede durante a temporada. As negociações deixam uma pergunta no ar: qual a melhor dupla de ataque do país? O iG levantou o número de gols das sete melhores duplas de ataque do futebol brasileiro e constatou: o Santos segue com a parceria mais efetiva, com Neymar e Borges.

Veja também: Love chega ao Rio sem se preocupar com número da camisa

O futebol gaúcho ganhou destaque nessa temporada, com contratações de peso na frente. O Grêmio investiu pesado em Kleber e Marcelo Moreno, enquanto o Inter levou Dagoberto para atuar ao lado do goleador Leandro Damião, além de Marcos Aurélio, ex-Coritiba .

Entretanto, se Neymar e Borges repetirem o desempenho da temporada passada, não tem para ninguém. O garoto prodígio da Vila Belmiro e o artilheiro do Brasileirão somaram, juntos, 64 gols em 2011. Veja os números de 2011 e quais são as duplas de ataque que mais prometem neste ano.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

1- Santos: Neymar e Borges (64 gols)
Nem mesmo a derrota para o Barcelona na final do Mundial é capaz de ofuscar o brilho da dupla Neymar-Borges no ano passado. Neymar somou 29 gols na temporada passada, sendo um deles o mais bonito do ano , segundo eleição da Fifa. Já Borges foi o principal goleador do Campeonato Brasileiro e terminou o ano com 35 gols.

Dagoberto é o novo parceiro de Damião no Internacional
Gabriel Cardoso
Dagoberto é o novo parceiro de Damião no Internacional
2- Internacional: Damião e Dagoberto (59 gols)
O jovem goleador Leandro Damião ganha um parceiro de alto nível em 2012. A diretoria colorada buscou Dagoberto no São Paulo . Damião foi o grande artilheiro brasileiro na temporada, com 39 gols. Já Dagoberto balançou as redes 20 vezes em 2011, com bom índice de assistências no Brasileirão: 9 em 30 jogos (um passe para gol a cada três jogos), Promessa de bela parceria no Beira-Rio.

3-Fluminense- Fred e Rafael Sóbis (47 gols)
A grande fase de Fred na reta final do Brasileirão passado tende a continuar em 2012.  O camisa 9 terminou o ano com 34 gols e o artilheiro agora terá grandes "garçons" como Deco, Thiago Neves e Wágner. Rafael Sóbis, que fez 13 gols em 2011, tende a ajudar como bom coadjuvante.

4- Corinthians: Elton e Liedson (38 gols)
O atual campeão brasileiro tirou Elton, do Vasco , e a parceria com Liedson promete. O ex-vascaíno terminou 2011 em alta, com 15 gols. Já Liedson fez 23 em toda a temporada passada. Os dois jogadores convivem com "sombras" de alto nível, como o vitorioso Emerson e o polêmico Adriano que, em forma, sabe o caminho do gol como poucos.

Vágner Love volta ao Flamengo, clube pelo qual fez 23 gols em 29 jogos em 2010
O Globo
Vágner Love volta ao Flamengo, clube pelo qual fez 23 gols em 29 jogos em 2010
5- Flamengo: Deivid e Vágner Love (32 gols)
O "artilheiro do amor" está de volta ao clube do coração e com sede de gols. Love marcou apenas 11 gols na temporada passada pelo CSKA, da Rússia. Mas, pelo Flamengo, mostrou que tem faro de gol ao fazer 23 gols em 29 jogos em 2010. Deivid não teve uma temporada ruim em 2011, com 21 gols. Com passes de Ronaldinho Gaúcho , a dupla pode decolar.

6- Grêmio: Kleber e Marcelo Moreno (24 gols)
O Grêmio é o time que mais gastou no ataque, investindo 14,4 milhões de reais para contar com Kleber e Marcelo Moreno. O primeiro procura paz em sua carreira, depois de passagens conturbadas por Cruzeiro e Palmeiras tendo marcado 14 gols em 2011. Já Moreno, artilheiro da Libertadores em 2008, espera reencontrar o caminho das redes na volta ao futebol brasileiro depois de apenas oito gols pelo Shakthar Donestk, no ano passado.

7- São Paulo: Luís Fabiano e Lucas (21 gols)
O "Fabuloso" teve um 2011 complicado, com lesões no retorno ao São Paulo e só marcou sete gols. Mas o artilheiro quer vida nova e terá novos parceiros, como o habilidoso Jádson e Osvaldo. A possível chegada de Nilmar pode formar uma dupla de respeito mundial. Lucas fez duas vezes mais gols que Luís Fabiano no ano que passou (14 gols).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.