Tamanho do texto

Meia Felipe cobra "transparência" e critica a postura do vice de finanças, que afirmou ter pagado o 13º salário do ano passado

Felipe em ação durante a pré-temporada
Site oficial
Felipe em ação durante a pré-temporada
O clima entre os jogadores do Vasco e o vice-presidente de finanças, Nelson Rocha, não é dos melhores. Depois de declarar que o 13º salário fora pago, o dirigente foi criticado pelo meia Felipe . Em entrevista concedida após o treino desta quinta-feira pela manhã, no Cefan (Centro de Educação Física Almirante Adalberto Nunes), o jogador confirmou o atraso no pagamento dos salários e alfinetou Rocha.

Vasco dá últimos retoques no gramado de São Januário

“Salário atrasado não é novidade para ninguém. Desde que estou no profissional e desde voltei para o Vasco, a situação existe. Isto nos incomoda, pois todo trabalhador merece receber em dia. O que é estranho é o vice de finanças chegar a dizer abertamente que pagou o 13º salário sem ter pago. Precisamos ser transparentes com todo mundo, inclusive com vocês, da imprensa”, declarou Felipe.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Ainda de acordo com o meia, o mês de dezembro também não foi pago e parte do elenco não recebeu cerca de quatro meses do direito de imagem. Segundo o diretor executivo Daniel Freitas – outro a negar as declarações do vice de finanças -, o problema está relacionado à saída da Ale e da BMG. Juntos, rendiam R$ 8 milhões por ano.

“Nós deixamos de contar com dois patrocinadores no começo da temporada. E isto certamente dificultou nosso fluxo de caixa. Mas estamos confiantes que até sexta-feira a gente possa pagar parte destes atrasados”. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.