Tamanho do texto

Atacante admitiu que sua atitude foi "estúpida" e não conseguiu explicar por que chutou o montenegrino Dzudovic

Punido com uma suspensão de três jogos pela Uefa, o atacante Wayne Rooney não poderá, a princípio, participar das partidas da fase de grupos da próxima Eurocopa pela Inglaterra. Falando sobre a pena, que ainda poderá ser reduzida em caso de apelação da Associação Inglesa de Futebol, o jogador do Manchester United demonstrou remorso pelo lance em que chutou o montenegrino Dzudovic, na última partida do "English Team" nas eliminatórias para a competição continental do ano que vem.

"Foi estúpido. Eu me arrependi logo após a jogada. Honestamente, não sei por que fiz aquilo. Eu não havia sofrido nenhuma falta dura antes, então não foi uma retaliação. Não tinha a intenção de bater nele: simplesmente aconteceu. Não posso explicar isso, mas foi devastador para mim", declarou o jogador, que ainda assim espera que sua punição seja abrandada pela Uefa.

"Estou desapontado (com a pena). Eu não tenho nenhuma desculpa, mas ainda acho que a punição foi um pouco dura. Estamos esperando uma decisão para saber se vamos apelar ou não (para a Uefa). Será um bônus se reduzirmos (a suspensão) por um jogo", afirmou Rooney.

Caso a punição seja mantida, a participação de Rooney na Eurocopa da Polônia e Ucrânia poderia ficar ameaçada. Para o atacante do Manchester United, sua ausência na lista de convocados para a competição seria perfeitamente compreensível.

"Eu vou entender se ficar fora do elenco por causa da punição. Serão três jogos fora, e ele (Fábio Capello, treinador da Inglaterra) pode olhar para outros jogadores. Eu quero jogar, mas entenderia se não fosse chamado", garantiu o jogador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.