Tamanho do texto

Mesmo em tom de brincadeira, 'Fenômeno' exibe cautela com a nova geração e diz agora só se preocupar com o COL

Convidado do programa Bem, Amigos, do "Sportv", na noite desta segunda-feira, o ex-atacante Ronaldo evidenciou uma boa dose de cautela com o atual momento da seleção brasileira ao ser questionado por um dos participantes do programa: "O que fica pronto antes, os estádios para a Copa ou a seleção do Mano Menezes?"

Atual membro do conselho administrativo do COL (Comitê Organizador Local) da Copa 2014 , o "Fenômeno" sorriu e não titubeou: "Os estádios eu garanto que estarão prontos...!" A resposta provocou risos, e Ronaldo se apressou a explicar: "A seleção teve uma fase muito vitoriosa, mas foi uma geração que acabou, como tudo acaba. Agora é uma geração completamente nova, a gente tem que ter paciência."

Veja mais: Ronaldo diz que COL terá novo membro e que decisões serão no voto

O maior artilheiros das Copas nomeou os jogadores da nova geração nos quais deposita mais fé. "Confio no Mano Menezes, que já trabalhou comigo e tem muita competência. E essa nova geração tem grandes jogadores, meninos talentosos. Neymar, Lucas e o Pato. Na seleção, eles vão precisar ter calma e criar sua própria identidade. Ainda têm dois anos para conseguir esse ritmo, que a seleção seja competitiva..."

Ao final, o agora executivo Ronaldo Nazário foi taxativo: "Mas a seleção não é mais meu problema! Eu estou preocupado com os estádios!"

Otimismo no COL e aproximação com Pelé
Novo e influente "rosto" do Comitê Organizador Local, Ronaldo Nazário voltou a exibir otimismo a respeito das obras para a Copa 2014. "Estou há dois meses nessa função. Tenho estudado bastante, e sei o que o comitê tem de fazer daqui para frente. É um desafio muito grande, porque a imagem que o Brasil estava passando era péssima, principalmente para fora do nosso país. Isso já está melhorando, a realidade é outra", disse. "Quase todos os estádios estão com seu cronograma seguindo perfeitamente e isso que a gente quer mostrar, que o brasileiro tem a capacidade de organizar."

Visita a página especial da Copa 2014

Ciente de que a aprovação da Lei Geral da Copa no Congresso é tema que já está melindrando a Fifa, o executivo buscou um tom apaziguador. "O COL confia que a Lei será votada pelo Congresso em março, até para que a organização da Copa prossiga tranquilamente. E a Fifa também confia no Governo, estão todos conversando para resolver todos os pontos."

Ronaldo disse ainda que vai ter uma reunião com Pelé em breve. O "Atleta do Século" foi nomeado pela presidenta Dilma Rousseff embaixador da Copa, cargo "descolado" da CBF e da Fifa. "A imagem do Pelé é muito importante para a Copa. Quero que a gente trabalhe em conjunto."

Brincadeiras com o peso
Ao longo do programa desta segunda-feira, Ronaldo deixou claro que a forma física já não é mais um tabu em sua vida de ex-atleta. Em diversos momentos o "Fenômeno" ouviu brincadeiras e sorriu em resposta.

E mais: Fifa só divulga ingressos após a Lei da Copa

Ele chegou a ser comparado a um lutador de sumô e a ser "convidado" a utilizar as banheiras de água quente dos lutadores do UFC, que utilizam o dolorido recurso para perder peso antes das pesagens.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.