Tamanho do texto

São-paulinos foram ao campo menor do CT da Barra Funda para sofrer com treinos físicos

Nada de coletivo, rachão ou qualquer treino com bola. A manhã desta quinta-feira no São Paulo foi de trabalho puxado e muito suor. O preparador físico Riva Carli, que chegou ao clube por indicação do ex-técnico Paulo César Carpegiani, comandou um trabalho bastante cansativo em um dos campos menores do CT da Barra Funda. A atividade física de potência, velocidade e resistência deixou os jogadores estafados.

Siga o iG São Paulo no Twitter

O grupo de atletas foi dividido em dois. Enquanto uma metade "sofria" no gramado, a outra trabalhava a parte muscular no Reffis. O meio-campista Ilsinho não participou do treinamento com o restante dos jogadores e fez um trabalho separado em outro campo do local. Ele se recupera de uma lesão muscular e ainda não tem prazo para retornar ao time.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Outros dois atletas seguem tratando lesões musculares e também treinaram em separado nesta quinta. O lateral Henrique Miranda e o meia Léo Gonçalves devem juntar-se aos outros atletas no início da próxima semana. "Está tudo indo bem, acho que na segunda ou terça-feira que vem a gente já volta a trabalhar com o restante do grupo", disse Léo em conversa rápida com a reportagem do iG.

Dagoberto sua a camisa no treinamento desta quinta-feira, no CT da Barra Funda
AE
Dagoberto sua a camisa no treinamento desta quinta-feira, no CT da Barra Funda

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.