Tamanho do texto

Diretoria apresentou proposta para que investidores aumentem o salário do argentino

Os bastidores do Cruzeiro continuam agitados. Uma reunião na tarde dessa quarta-feira entre diretoria e Montillo não foi capaz de selar de maneira definitiva a permanência do meia na Toca da Raposa II. O atleta e seu empresário pressionam por um aumento salarial, enquanto os cartolas procuram investidores para incrementar os rendimentos do atleta.

Leia também: Amaral ganha a vaga de Arias no meio-campo do Cruzeiro

No início da tarde, o Cruzeiro publicou em seu site oficial uma nota de esclarecimento, afirmando que a reunião foi "proveitosa para ambas as partes". O argentino foi escolhido pelos jornalistas para conceder entrevista coletiva e falou sobre o encontro.

Veja também: Mancini não se sente pressionado no início do ano no Cruzeiro

"Foi uma reunião com o presidente, com diretoria, como tínhamos estipulado na semana passada. Uma primeira conversa, das melhoras salariais. Vou falar com meu procurador para ver se vamos aceitar essa proposta. A conversa foi boa, falei o que queria falar e eles também", relatou o argentino.

A intenção da diretoria cruzeirense é encontrar investidores para aumentar o salário do jogador. "Já conversamos com um parceiro que está bem interessado em ajudar e vamos buscar novos. Queremos o Montillo feliz aqui. O que estamos buscando são pessoas, empresários cruzeirenses para ajudar a dar uma condição melhor para o Montillo", explicou o diretor de futebol, Dimas Fonseca.

O argentino acredita que a "novela" terminará com um final feliz para todos os lados. "O presidente do Corinthians falou que tinha desistido, não fiquei sabendo de mais nada. Fiquei fazendo o meu melhor aqui. A conversa agora é so com o Cruzeiro, para chegar a um acordo. Acho que vamos chegar a um final feliz", concluiu o meia cruzeirense.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e comente a reunião com Montillo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.