Tamanho do texto

Atacante do Flu rende mais quando sai do banco de reservas e fala em conseguir fazer 'leitura do jogo'

O atacante Rafael Sobis não se considera um iluminado, mas vem acostumando mal o torcedor do Fluminense . Apesar de não ter ficado em campo os 90 minutos em nenhum dos 14 jogos disputados com a camisa tricolor, Sobis tem sido decisivo sempre que entra no decorrer das partidas. Foi assim nas vitórias sobre o São Paulo (2x1), Atlético-GO (3x2) e Santos (3x2).

Siga o iG Fluminense e receba as notícias do seu time

Com quatro de seus cinco gols no Campeonato Brasileiro marcados nesses três jogos, o jogador admitiu não saber explicar a razão de render mais quando sai do banco de reservas.

“Sinceramente, não sei explicar um motivo. Isso depende muito do jogo e das circunstâncias. Muitas vezes no banco você faz uma leitura da partida e quando entra tudo se torna mais fácil. E como titular você não tem essa leitura. O início dos jogos também costuma ser mais pegado e difícil”, afirmou, com sinceridade, o atacante.

O fato é que Rafael Sobis não obteve sucesso nas sete oportunidades como titular do Fluminense. De todas elas, o atacante só marcou uma vez, na goleada por 4 a 0 sobre o Ceará , no Engenhão. Em todas as outras, acabou substituído sem ser notado em campo.

Provável titular contra o Flamengo , Rafael Sobis quer mudar esse roteiro no próximo domingo. Entusiasmado com a recuperação do Fluminense no Brasileirão, ele se considera cada vez mais perto da forma ideal e espera deixar o Engenhão com uma história diferente para contar.

“Se eu começar jogando, espero que possa manter o mesmo nível de atuação das vezes que comecei no banco de reservas”, disse o atacante, que soma nove vitórias, dois empates e quatro derrotas nos 721 minutos em que esteve em campo pelo clube das Laranjeiras.

Apesar de o saldo com a camisa tricolor ser positivo e de ter se acostumado a vencer mais do que perder os clássicos em Porto Alegre, na época em que defendia o Internacional , Rafael Sobis reconhece que não tem a fórmula ideal para ajudar o Fluminense a derrotar um rival carioca pela primeira vez na temporada.

“Não sei qual o melhor caminho para vencer um clássico. Precisamos fazer os gols e neutralizar as principais jogadas dos adversários, mas as vezes as circunstâncias podem mudar toda a estratégia de um jogo. Mas é uma boa hora para a gente quebrar esse tabu de ainda não ter vencido clássicos esse ano”, explicou.

JOGOS DE SOBIS COMO TITULAR:
Fluminense 4 x 0 Ceará (um gol)
Fluminense 2 x 0 Internacional (substituído)
América-MG 3 x 0 Fluminense (substituído)
Grêmio 2 x 1 Fluminense (substituído)
Fluminense 3 x 0 Figueirense (substituído)
Fluminense 3 x 1 Avaí (substituído)
Atlético-PR 1 x 1 Fluminense (substituído)

JOGOS NOS QUAIS SOBIS SAIU DO BANCO:
Fluminense 1 x 0 Palmeiras (passou em branco)
Atlético-MG 1 x 0 Fluminense (passou em branco)
Vasco 1 x 1 Fluminense (passou em branco)
São Paulo 1 x 2 Fluminense (fez o gol da vitória)
Atlético-GO 2 x 3 Fluminense (fez dois gols e foi decisivo)
Cruzeiro 1 x 2 Fluminense (passou em branco)
Fluminense 3 x 2 Santos (fez um gol e deu passe para o gol da vitória)

Entre na torcida virtual do Fluminense e opine sobre o desempenho de Rafael Sobis

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.