Tamanho do texto

Ideia é que jogadores não incitem a violência com declarações provocativas aos rivais

Os promotores de Justiça do Estado de São Paulo Thales Cezar de Oliveira, Marcos Lúcio Barreto e Sandra Rodrigues de Oliveira estiveram na tarde desta quarta-feira no CT do parque Ecológico para falar aos jogadores do Corinthians sobre uma campanha do Ministério Público Estadual pela paz no futebol.

Os promotores, que fazem parte do Plano de Atuação Integrada do Futebol, conversaram com os atletas sobre atitudes que podem evitar a violência nos estádios e enaltecer a alegria do esporte.

A ideia é que nas vésperas do clássico contra o Palmeiras, domingo, no Pacaembu, os jogadores evitem dar declarações polêmicas ou provocativas que possam incitar atos de violência entre torcedores rivais.

De acordo com a assessoria de imprensa do Corinthians, os promotores visitarão até sexta-feira os CT de Palmeiras , São Paulo e Santos para realizar a mesma ação de prevenção à violência.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.