Tamanho do texto

Goleiro mantinha contato por telefone com o meia, que demonstrava carinho pelo clube de São Januário

Fernando Prass revelou que manteve conversas com Carlos Alberto no período em que o meia esteve emprestado ao Grêmio . Durante os dois meses e meio em que o jogador defendeu o time comandado por Renato Gaúcho, o ex-capitção vascaíno se dizia feliz em Porto Alegre, mas que sentia muita saudade do Vasco. Segundo o goleiro cruzmaltino, Carlos Alberto gostaria de ter permanecido em São Januário.

“Eu continuei conversando com ele, nos falamos muitas vezes por telefone e ele me dizia que estava bem lá, mas gostava muito do Vasco. Queria estar aqui, sentia falta do Vasco”, contou o goleiro.

Na manhã desta sexta-feira, Carlos Alberto esteve no Vasco fazendo musculação . Seus direitos econômicos pertencem ao cruzmaltino, mas como está sob contrato com o Grêmio até 31 de dezembro, o Vasco não quer o jogador fique mantendo a forma no clube carioca. Carlos Alberto foi dispensado do Grêmio na semana passada . Rodrigo Caetano, diretor-executivo, afirmou que não há espaço para o meia no time de Ricardo Gomes nesta temporada . Entre outras palavras, não quer Carlos Alberto no Vasco.

Fernando Prass defende o companheiro. Sobre a passagem do meia de manhã na Colina, disse que o ex-companheiro precisa estar em forma para uma fácil adaptação a um clube novo.

“Ele precisa estar bem, se exercitando. Jogador de qualidade. É natural que ele cuide parte física para estar em forma quando voltar a jogar”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.