Tamanho do texto

Líderes, os paulistas podem até sofrer uma derrota nesta rodada e, mesmo assim, não perderão a primeira posição

Líder da Série B, a Portuguesa está muito próxima de garantir o acesso. Apesar de faltarem 11 rodadas para o fim do campeonato, três vitórias deixam o time paulista com uma ótima pontuação para assegurar vaga na elite do futebol brasileiro. A primeira delas pode vir nesta terça-feira, às 20h30, no Canindé, contra o ASA-AL .

Desde 2006, quando a segunda divisão passou a ser disputada por pontos corridos, todos os times que alcançaram 63 pontos subiram. Como a Lusa tem 54, três vitórias seriam o suficiente. Em 2009, o Atlético-GO foi quarto colocado com 65 pontos, mas a própria Portuguesa, na quinta colocação, tinha apenas 62.

O time do técnico Jorginho vem de um difícil empate com o São Caetano, no Estádio Anacleto Campanella. Nenhum jogador está suspenso, mas o goleiro Lúcio e o volante Ferdinando seguem lesionados.

Do outro lado, o ASA-AL venceu o Icasa, por 2 a 1, no Coaracy da Mata Fonseca, e corre poucos riscos de rebaixamento. Com 37 pontos, já dista sete dos últimos quatro colocados. O meia Raul recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. Por outro lado, os zagueiros Leandro Cardoso e Fábio estão de volta. Os meias Fábio Neves e Claudinho, as novas contratações do clube, estão regularizados e podem estrear.

Historicamente, o duelo está rigorosamente empatado. Em casa, a Portuguesa venceu em 2010 e perdeu fora dela em 2011. O outro duelo, também ano passado, terminou empatado.

FICHA TÉCNICA
PORTUGUESA X ASA-AL


Local: Estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 4 de outubro de 2011
Horário: 20h30 (Brasília)
Árbitro: Manoel Lopo Garrido (BA)
Auxiliares: Adailton José de Jesus Silva (BA) e José Dias da Hora (BA)

PORTUGUESA: Weverton; Luís Ricardo, Rogério, Mateus e Marcelo Cordeiro; Guilherme, Boquita, Henrique e Marco Antônio; Ananias e Edno
Técnico: Jorginho

ASA-AL: Gilson; André Nunes, Leandro Cardoso e Fábio; Gilberto Matuto, Jorginho, Marielson, Francismar e Chiquinho Baiano; Reinaldo Alagoano e Alexsandro
Técnico: Vica

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.