Tamanho do texto

Clube português não quer perder vaga para zebra russa. O APOEL, do Chipre, já está classificado no grupo G

Time de maior tradição no grupo G da Liga dos Campeões da Europa , o Porto corre risco de eliminação precoce no torneio diante de duas equipes pouco conhecidas no Velho Continente. Para ir às oitavas de final do torneio, o time português só tem uma opção: vencer o Zenit nesta terça-feira, às 17h45 (de Brasília), no Estádio do Dragão.

Por enquanto, o único time da chave que garantiu classificação para a próxima fase é o APOEL. Com nove pontos, a surpreendente equipe cipriota busca uma vitória simples contra o eliminado Shakhtar Donetsk, no mesmo horário, para garantir a primeira posição. Assim, a disputa em Portugal valerá a outra vaga do grupo. Somando sete pontos, um a menos que o segundo colocado Zenit, o Porto tentará dar o troco na equipe russa, que venceu o duelo de ida por 3 a 1 .

Com boa campanha no Campeonato Português , no qual ainda não perdeu nenhuma partida, o Porto terá os seus principais jogadores à disposição. No ataque, os brasileiros Kleber e Hulk são as esperanças de gol da equipe, que ainda sente a saída de Falcao Garcia , seu principal jogador na última temporada, que foi negociado para o Atlético de Madri.

Para Kleber, que foi contratado junto ao Marítimo para suprir a ausência do colombiano, o respeito ao adversário desta terça-feira será fundamental para que o Porto saia de campo com a classificação para as oitavas de final.

"O time do Zenit é muito forte. No primeiro jogo, os jogadores não se abateram quando abrimos o placar e foram para cima. Eles contam com dois atletas de seleção portuguesa, Danny e Bruno Alves. Esse último conhece bem o Porto, pois jogou por aqui quase dez anos. Apesar disso tudo, não podemos bobear e precisamos da vitória a qualquer custo, já que eles estão um ponto a nossa frente e o empate os classifica. É o jogo mais importante do ano para nossa equipe", resumiu o brasileiro.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.