Tamanho do texto

Técnico espera contar com um novo jogador para o meio campo e outro para o ataque

Lutando pelo título do Campeonato Inglês , o técnico Roberto Mancini entende ser necessário um esforço maior para encerrar o jejum do Manchester City , que não conquista a Premier League desde a temporada 1967/1968. Assim, o técnico entende que o clube precisa fazer investimentos em reforços na janela de transferências deste início de ano.

Leia também: Técnico afirma que City está próximo de finalizar a venda de Tevez

"Este pode ser o nosso primeiro título em muitos anos, então precisamos fazer de tudo para que consigamos vencer", explicou o treinador, que ainda vê necessária a saída de três jogadores para partir em busca de novas peças - Tevez, Bridge e Nedum Onuoha estão próximos de sair.

Neste início de 2012, o italiano não poderá contar com Kolo e Yaya Touré, que estarão com a Costa do Marfim, disputando a Copa Africana de Nações. Além da necessidade de trazer um meio-campista, Mancini fez um apelo para a vinda de mais um atacante.

Manchester City é líder do Inglês. Veja como está a classificação do campeonato

"Eu disse há dois meses que nós teríamos um grande problema em janeiro, pois teremos grandes jogos sem o Yaya Touré. E, se tivermos atacantes lesionados, precisaremos comprar outro. O Dzeko tem um problema no joelho, e neste momento eu tenho um atacante e dois meio-campistas", justificou.

Esta busca segue o caminho contrário de equipes como o Chelsea e United - este considera não trazer nenhum reforço no início do ano. A justificativa de Mancini para isto é o histórico recente de conquista destes clubes. "Eles conseguiram muitos troféus recentemente. Por isso estão quietos. Eles entendem que podem jogar sem tanta pressão. Para nós é diferente", completou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.