Tamanho do texto

Em ascendência no Campeonato Italiano, equipe enfrenta o 19º colocado para tentar se aproximar ainda mais da liderança

Após um começo claudicante no Campeonato Italiano , a Inter de Milão vem se recuperando e já é segunda colocada, cinco pontos atrás do Milan . Nesta sexta-feira, às 16h45 (horário de Brasília) no estádio Mario Rigamonti, o clube do treinador brasileiro Leonardo enfrenta o Brescia para tentar a quarta vitória consecutiva e para colocar pressão no rival.

Depois da derrota para a Juventus por 1 a 0, a equipe superou Cagliari, Sampdoria e Genoa, mas, para manter a série, Leonardo terá problemas: Diego Milito, Samuel, Chivu, Cambiasso e Thiago Motta são desfalques por lesão. "É normal haver ausências. O importante é saber lidar com o momento de cada jogador. Essa é a minha maior preocupação em relação à partida", garantiu o treinador brasileiro.

O Brescia é 19º colocado e não costuma dar muito trabalho à Inter. Em 43 jogos, o time de Milão venceu 24, empatou 15 e perdeu apenas quatro. O último revés foi em fevereiro de 2004. Mesmo assim, Leonardo espera dificuldades.

"É um time que pode jogar de muitos modos. Pode trocar os jogadores, colocá-los em diversas posições. Mudam a defesa de quatro para cinco. Jogam com um atacante forte e outros giram em torno. É um time de muitos recursos", analisou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.