Tamanho do texto

Time italiano cede empate fora de casa e Barcelona vence sem dificuldades, mesmo com equipe reserva

Robinho e Pato marcaram os gols do Milan contra o Viktoria Plzen
AP
Robinho e Pato marcaram os gols do Milan contra o Viktoria Plzen
A última rodada da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa não fugiu à regra das partidas anteriores no Grupo H. Usufruindo de certa facilidade, o Milan abriu 2 a 0 com gols de Pato e Robinho , mas vacilou outra vez e cedeu o empate ao Viktoria Plzen na casa do adversário. Na Espanha, os reservas do Barcelona golearam o BATE por 4 a 0 e se consolidaram ainda mais na liderança da chave.

Leia mais: Chelsea vence Valencia e termina em primeiro no Grupo E

Dessa forma, o Grupo H é finalizado com o Barcelona na liderança com 16 pontos conquistados. No segundo lugar vem o Milan , que foi a nove com o resultado de empate desta terça-feira. A vaga na próxima fase da Liga Europa foi conquistada pelo Viktoria Plzen, que terminou com cinco pontos. Na última posição, com apenas dois, o BATE Borisov do talentoso brasileiro Renan Bressan fica sem nada.

Confira ainda: Kia chega a acordo com Milan por Tevez, diz jornal italiano

Milan cede empate fora
O primeiro tempo não teve grandes emoções de ambos os lados. Na segunda etapa, logo aos dois minutos, Robinho inverteu de lado e passou para Alexandre Pato , que entrou na área e bateu no canto de Cech.

E mais: Porto decepciona, empata em casa e está eliminado

No minuto seguinte, era Pato quem servia para Robinho no meio da área. O inspirado camisa 70, principal homem do setor ofensivo do Milan , fez o merecido gol e daria números finais ao marcador em Pilsen se a defesa italiana não vacilasse incrivelmente nos últimos minutos.

Lançado por Horvath, o zagueiro Bystron aproveitou o contragolpe para fintar Amelia e diminuir o placar. Ainda havia tempo para, aos 48 minutos, o último dos acréscimos, em um ataque mortal, o Viktoria deixasse tudo igual com Duris, que saiu do banco aos 22 do segundo tempo e marcou.



Barça goleia com os reservas
Derrotado por 5 a 0 na Bielo-Rússia, o BATE Borisov não foi páreo nem para os reservas do Barcelona que entraram em campo e, com bastante facilidade, venceram os adversários por 4 a 0, placar para não deixar dúvidas em relação à superioridade dos espanhois.

Veja também: Olympique de Marselha vira no fim e vai às oitavas

O mais velho do Barcelona , além do goleiro Pinto, era Pedro.Tanto que, logo aos dois minutos, serviu o brasileiro Rafinha, que fintou meio time do BATE, mas chutou em cima do goleiro Gutor.

Aos 10 e aos 12, Rafinha teve outras chances de abrir o placar, mas não soube aproveitar. A primeira foi em um cruzamento de Maxweel cabeceado pelo filho de Mazinho por cima da trave de Gutor. O outro nasceu em roubada de bola de Cuenca, que serviu Sergi Roberto.

Montoya faz o segundo gol do Barcelona na vitória sobre o Bate Borisov
AP
Montoya faz o segundo gol do Barcelona na vitória sobre o Bate Borisov
A qualidade com a bola nos pés só se reverteria em gol aos 35 do primeiro tempo, quando Thiago Alcântara, o irmão de Rafinha, lançou para a área do BATE e viu Pedro ajeitar para Sergi Roberto fazer a conclusão certeira.

O segundo gol sairia apenas aos 12 do segundo tempo. Em jogada incrível de Cuenca, Montoya surgiu no meio da área para deixar sua marca com a camisa do Barcelona . Mal sabia que, dois minutos depois, com um passe para Cuenca, viria o terceiro dos donos da casa.

Em outra boa jogada do camisa 39 de apenas 20 anos, foi Pedro quem marcou na saída de Gutor. O "experiente" Pedrito ainda faria o quarto a dois minutos do fim.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.