Tamanho do texto

Oswaldo de Oliveira preferiu destacar erros de finalização que pênalti não marcado para sua equipe

Duas bolas no travessão e várias outras oportunidades perdidas. No empate de 0 a 0 entre Botafogo e Flamengo , o time comandado por Oswaldo Oliveira teve na finalização seu ponto negativo. Tanto que o erro do árbitro Pathrice Maia, que deixou de marcar um pênalti no zagueiro Antônio Carlos , foi colocado em segundo plano pelo técnico da equipe de General Severiano.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Nossos atacantes falharam mais que a arbitragem", resumiu Oswaldo de Oliveira, que apesar da avaliação, acredita que o time merecia a vitória no primeiro clássico carioca da temporada. Principalmente pela expulsão do volante Willians , aos 30 minutos do segundo tempo, quando o Botafogo passou a sufocar o rival no Engenhão.

"Acho que nós perdemos a chance de ganhar a partida. O Botafogo teve iniciativa o tempo todo. O Flamengo, como grande equipe que é, teve chances também, mas de maneira geral, acho que poderíamos ter saído com a vitória. Principalmente nessa situação final. Tivemos muitas chances dentro da área, mas não concluímos bem", destacou o treinador do Botafogo.

Leia mais: Bota e Fla não saem do zero no primeiro clássico carioca do ano

Com o empate, o Botafogo segue com seis pontos, na quarta colocação do grupo A da Taça Guanabara , longe da zona de classificação. O Nova Iguaçu lidera a chave com oito pontos, com o Resende na segunda colocação. A equipe de General Severiano volta a campo na próxima quinta-feira, às 19h30, no Engenhão, contra o Olaria.

Entre para a Torcida Virtual do Botafogo e comente as chances perdidas no clássico

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.