Tamanho do texto

Jupp Heynckes revelou que zagueiro teria tido uma inflamação no joelho lesionado, um dia antes do incêndio

Indignada com a postura da promotoria alemã, a diretoria do Bayern de Munique afirmou que irá dar todo o apoio a Breno , preso no último sábado por ser suspeito de ter incendiado a própria casa . Após a vitória sobre o Bayer Leverkusen, na Allianz Arena , o técnico do time bávaro, Jupp Heynckes revelou estar chocado com a situação, mas contou que o brasileiro aparentava passar por problemas pessoais.

"Foi obviamente um grande choque para todos nós. Ele aparentava estar vivendo problemas pessoais, mas isso não chamou a atenção pois ele vinha se recuperando normalmente [Breno está com uma lesão no joelho]", explicou o treinador, em entrevista para o site Liga Total! .

De acordo com a imprensa alemã, o clube bávaro recomendou que o jogador passasse por um acompanhamento psicológico, já que Breno demonstrava grande preocupação com suas seguidas lesões no joelho, o que, na visão do zagueiro, poderia comprometer sua carreira.

Ainda segundo Heynckes, o problema físico do defensor pode ter sido o "estopim" para que acontecesse o fato, já que no dia anterior ao incêndio, o joelho do jogador teria apresentado uma inflamação.

O incêndio, que destruiu a casa do jogador e gerou um prejuízo estimado em cerca de 1,5 milhões de euros, aconteceu na madrugada de segunda para terça-feira . No momento do incidente, apenas Breno estava na casa, já que sua esposa e os três filhos estavam na casa de amigos. Resgatado pelo corpo de bombeiros, o atleta chegou a ser internado por ter inalado fumaça, mas logo foi liberado.

Contratado pelo Bayern de Munique em 2008, junto ao São Paulo , o zagueiro sofreu com seguidas lesões, e não conseguiu se firmar na equipe alemã, sendo emprestado na última temporada para o Nuremberg.

    Leia tudo sobre: bayern de munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.