Tamanho do texto

Atacante destaca importância de o Vasco conhecer possíveis adversários do badalado torneio em 2012

Eder Luis sofre marcação do volante Eduardo Costa no treino
Maurício Val / Fotocom.net
Eder Luis sofre marcação do volante Eduardo Costa no treino
Para muitos, o Vasco não terá motivação na Copa Sul-Americana. Na quinta-feira, o time estreia contra o Palmeiras, em São Januário, com a ameaça de poupar alguns de seus principais jogadores. A competição, além da premiação (aproximadamente R$ 2 milhões), dá vaga na Libertadores. Mas, com o clube já classificado por ter conquistado a Copa do Brasil, o torneio, teoricamente, tem caráter amistoso.

Siga o Twitter do iG Vasco e receba notícias do time em tempo real

Mão não é bem assim que pensam todos no clube. Par o atacante Eder Luis , a Sul-Americana é uma espécie de laboratório para a Libertadores, já que alguns dos adversários estarão na principal competição continental em 2012.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

"Vamos encará-lo com seriedade, pois teremos uma noção do que nos espera no ano que vem", reagiu Eder Luis, considerando o torneio um vestibular.

Curiosamente, Vasco e Palmeiras vão se enfrentar três vezes seguidas: duas pela Sul-americana e uma pelo Brasileiro. Da última vez que isso ocorreu na atual temporada, o time de São Januário levou a melhor.

Foi contra o Coritiba, entre maio e junho deste ano. As duas equipes se confrontaram pelo Brasileiro e pala Copa do Brasil. O volante Rômulo destaca a importância da sequência de jogos.

"Você estuda a maneira de o time jogar. No jogo seguinte, você sempre terá mais informação", adverte o volante.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.