Tamanho do texto

Companheiros do "Fenômeno" no jogo festivo não escondem objetivo de tentar dar um gol ao homenageado

Lucas tentará cavar pênalti para consagrar Ronaldo
AE
Lucas tentará cavar pênalti para consagrar Ronaldo
Ronaldo pediu e os jogadores da seleção que participarão da sua despedida, nesta terça-feira, contra a Romênia, tentarão cumprir. Para que o "Fenômeno" não passe em branco no último jogo que fará como jogador da seleção brasileira a ordem é "cavar um pênalti". Assim, a tarefa de Ronaldo de marcar um gol ficaria mais fácil. A tendência é que o ex-atacnate atue nos últimos 15 minutos do primeiro tempo.

"A gente vai tentar cavar um pênalti, sim. Não sei ainda quanto tempo ele vai jogar, mas quando estiver em campo a gente vai tentar forçar uma jogada dentro da área para quem sabe sair um pênalti. Vai ser muito bonito", disse o meia Lucas , que foi reserva nos treinos desta terça no, Pacaembu.

O volante Sandro, outro que pode ser testado após a expulsão de Ramires no último jogo, contra a Holanda , fez coro ao pedido de Ronaldo, feito mais cedo nesta terça-feira durante homenagem que recebeu pela CBF. Assim como Lucas, o volante do Tottenham quer participar da despedida do "Fenômeno" de preferência com gol do homenageado.

"O que a gente puder fazer fazer para que essa despedida seja mais bonita a gente vai fazer. Se tiver a chance de buscar uma falta perto da área ou um pênalti a gente vai fazer porque seria importante para ele", comentou o volante.

Lucas ainda comenta que sempre sonhou em jogar ao lado de Ronaldo e que a oportunidade que se desenha nesta terça-feira nunca havia passado pelo sua cabeça. "Eu tinha 9 anos quando ele foi campeão do mundo na Copa em 2002. Ele era meu ídolo por tudo que fez, pelos gols. Já pedi para tirar foto com ele e seria um sonho se eu desse um passe ou sofresse um pênalti que resultasse num gol dele."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.