Tamanho do texto

Time de Felipão é derrotado por 2 a 0 e é ultrapassado pelo Corinthians, que tem 13 pontos e um jogo a menos

O Palmeiras perdeu a invencibilidade no Brasileirão diante do Ceará . O time paulista voltou a mostrar falhas na hora de marcar o escanteio e foi derrotado por 2 a 0 no Estádio Presidente Vargas em Fortaleza. A derrota mantém o time de Luiz Felipe Scolari com 11 pontos, ainda quatro pontos atrás do líder São Paulo , mas na 3ª colocação por causa da vitória do Corinthians , que foi a 13 pontos por

causa da vitória no clássico e ainda tem um jogo a menos. Já a equipe de Vágner Mancini saiu da zona de rebaixamento ao chegar aos 7 pontos.

O primeiro gol do Ceará aconteceu aos 7 minutos do 1º tempo em jogada de escanteio, quando o time paulista era melhor em campo. Thiago Humberto achou Washington , ex-atleta do time do Palestra Itália, na marca de pênalti. O atacante colocou a bola longe do alcance de Marcos . O segundo gol foi marcado depois de outra disputa aérea. A bola sobrou nos pés de Thiago Humberto, que colocou no canto esquerdo do goleiro palmeirense.

null

Coloque seu time em 1º no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

No segundo tempo, o Palmeiras voltou um pouco melhor, mas esbarrava na marcação forte do Ceará, que passou apenas a pensar em garantir o triunfo e não em aumentar o placar. Vinícius e Adriano foram as tentativas de Felipão, mas de nada adiantou. O time da casa conseguiu vencer a primeira diante de sua torcida.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Palmeiras enfrenta o Atlético-GO no Canindé, às 19h30. Já o time do Nordeste vai até a Coritiba para jogar contra os donos da casa no mesmo dia e no mesmo horário.

O jogo

O primeiro lance de perigo aconteceu logo aos 2 minutos do 1º tempo. Rivaldo arrancou pela esquerda e deu cruzamento na cabeça de Wellington Paulista. O camisa 9 desviou a bola e viu Fernando Henrique fazer ótima defesa. A resposta veio cinco minutos depois, mas foi fatal. Washington, ex-jogador do Palmeiras, desviou cobrança de escanteio de Thiago Humberto na marca de pênalti e abriu o placar sem chances para Marcos.

Antes de tomar o gol, o Palmeiras estava bem melhor na partida, mas depois passou a sofrer para criar chances e viu o Ceará crescer. Aos 25 minutos, Boiadeiro acertou uma paulada no travessão de Marcos. O goleiro palmeirense só olhou.

Washington abriu o placar para o Ceará, diante do Palmeiras
Futura Press
Washington abriu o placar para o Ceará, diante do Palmeiras


Aos 32 minutos, Cicinho sentiu uma lesão e deixou o campo para a entrada de Patrik. Márcio Araújo passou a jogar pela lateral, e o jovem reforçou a criação do meio palmeirense, que sofria muito. As mudanças colocaram o Palmeiras mais à frente, mas os últimos passes na hora de finalizar continuavam errados. Quando Felipão já pensava no que falaria no vestiário, Thiago Humberto aumentou a vantagem com chute aos 46 minutos sem chance para Marcos.

Na etapa final, Felipão deu nova chance a Adriano. O atacante entrou no lugar de Lincoln, reforçando a linha de três atacantes, que ainda contava com Wellington Paulista e Kleber.  Em cinco minutos, no entanto, as únicas chances de gol vieram dos pés de Marcos Assunção, com faltas de longa distância. Aos sete minutos, foi a vez de Thiago Humberto, mais uma vez, responder e exigir boa defesa de Marcos, que ainda contou com a trave para manter a diferença em dois gols.

Aos 15 minutos, Vinícius entrou no lugar de Wellington Paulista. A mudança não surtiu muito efeito, e o Ceará passou a controlar a vantagem, jogando basicamente 70% da etapa final na sua área defensiva, tentando explorar apenas os contra-ataques.

Charge brinca com gol de Washington e falta de pontaria de Wellington Paulista
Milton Trajano
Charge brinca com gol de Washington e falta de pontaria de Wellington Paulista


FICHA TÉCNICA - CEARÁ 2 X 0 PALMEIRAS

Local : Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE)
Data : 26/06/2011, domingo
Horário : 16h (de Brasília)
Árbitro: Héber Roberto Lopes (PR)
Assistentes : Gilson Bento Coutinho/PR e José Hamilton Pantarolo/PR
Cartões amarelos : João Marcos (CEA); Wellington Paulista (PAL)

GOLS :
CEARÁ : Washington, aos 7 minutos do 1º tempo, Thiago Humberto, aos 46 minutos do 1º tempo

CEARÁ : Fernando Henrique; Boiadeiro (Diego Macedo), Fabrício, Diego Sacoman e Vicente; Heleno, Michel, João Marcos e Thiago Humberto (Iarley); Osvaldo e Washington
Técnico : Vágner Mancini

PALMEIRAS : Marcos; Cicinho (Patrik), Leandro Amaro, Thiago Heleno e Rivaldo; Chico, Márcio Araújo, Marcos Assunção e Lincoln (Adriano); Wellington Paulista (Vinícius) e Kleber.
Técnico : Luiz Felipe Scolari

    Notícias Recomendadas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.