Tamanho do texto

Se ganhar na Justiça, time paulista gastaria mais dinheiro do que se cumprir a punição imposta pela confusão da torcida

O pedido de Felipão foi atendido. O Palmeiras oficializou nesta quinta-feira que vai jogar as duas partidas do Campeonato Brasileiro contra Atlético-MG e Fluminense em Araraquara, na Arena Fonte Luminosa. Para jogar lá, o clube receberá transporte e hospedagem pagos pela prefeitura da cidade do interior de São Paulo.

Sérgio do Prado, gerente administrativo do Palmeiras, afirmou que o clube tem até esta sexta-feira para recorrer. Há, no entanto, um problema financeiro caso o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) volte atrás na decisão de punir o clube paulista com a perda de dois mandos de campo.

A equipe do Palestra Itália gastará mais dinheiro jogando no Pacaembu do que jogando no interior de São Paulo.

Para jogar no estádio municipal de São Paulo, o Palmeiras paga R$ 100 mil de aluguel mais uma parte da renda. Em Araraquara, o clube apenas ganhará a maior parte da renda e não pagará nada para jogar. Interrogado sobre isso, Sérgio do Prado desviou o assunto.

    Leia tudo sobre: futebol
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.