Tamanho do texto

Pela primeira vez um jogador de um time que não disputa o título é o candidato mais forte a ganhar o prêmio entregue pela CBF

Divulgação
Mano Menezes não crava Neymar, mas diz que prêmio contempla também o resto da temporada
Neymar pode ser o primeiro craque do Brasileirão atuando por um time que não disputou o título até as últimas rodadas. A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou nesta quinta-feira, em São Paulo, os 33 jogadores indicados em cada uma das posições – são três em cada setor do campo. Neymar concorre como um dos melhores atacantes e, apesar de o Santos estar fora da disputa pela taça, é favorito ao prêmio principal (o santista concorre também a craque da galera).

Veja a lista dos indicados a Craque do Brasileirão

O resultado será divulgado dia 5 de dezembro, no auditório do Ibirapuera, em São Paulo – pela primeira vez o evento não será no Rio, e a CBF passará a fazer um rodízio entre as principais cidades brasileiras a partir deste ano.

“Ele tem que ser pinçado do resto dos jogadores que atuam no Brasil. O Neymar está em outro patamar e é o melhor jogador do Brasileiro”, disse o coordenador das categorias de base da CBF, Ney Franco, que comandou o jogador no Sul-Americano sub 20 que o Brasil venceu em fevereiro, no Peru. Ao lado dele na bancada estava o técnico da seleção principal, Mano Menezes, que preferiu não cravar que Neymar será o escolhido:

“Essa eleição vai um pouco além do que foi feito no Brasileiro e reflete um pouco o que aconteceu na temporada. O Neymar merece, por tudo o que fez, mas temos que ressaltar que há outros jogadores atuando no futebol brasileiro com potencial para chegar (a melhor do Brasileirão)”, disse Mano Menezes. Ele anunciou, junto com Ney, os concorrentes.

E ainda: Perto do Mundial, Xavi elogia potencial de Neymar

Criado em 2005 pela CBF, o prêmio foi vencido sempre por atletas de times que se destacaram na competição. Na primeira edição, Tevez, do campeão Corinthians, foi eleito. O mesmo de 2006 a 2008, quando o vencedor São Paulo teve os premiados (em 2006 e 2007 foi Rogério Ceni, e em 2008 foi Hernanes). Em 2009, diferente dos anos anteriores, o melhor da competição não foi do time campeão, mas o Palmeiras de Diego Souza brigou até a última rodada – o Flamengo ficou com a taça. Em 2010, Conca festejou o título do Fluminense e foi o craque.

Para Ney Franco, Neymar amadureceu de 2010 para 2011 e é a grande atração do futebol brasileiro, a ponto até de atrapalhar seu trabalho. “Eu precisava ver um jogo do Brasileiro outro dia em casa, para análise, e meu filho de seis anos não deixou, porque queria que eu colocasse na partida do Santos para ver o Neymar. Ele é uma atração e é importante que fique no Brasil”, disse Ney Franco, que lembrou o golaço que o jogador marcou contra o Flamengo e que concorre ao mais bonito do ano em premiação da Fifa. O jogador também é um dos 23 concorrentes ao prêmio Bola de Ouro da Fifa.

Segundo Ney Franco, Neymar está um patamar acima do futebol brasileiro
AE
Segundo Ney Franco, Neymar está um patamar acima do futebol brasileiro

O Brasileiro
Para Mano Menezes, o nível do Brasileiro deixa a desejar em alguns momentos, mas ele citou dois problemas principaies das equipes brasileiras que dificultam os duelos contra times do exterior. Ele tomou como exemplo o  empate do Vasco contra o Universidad do Chile, 1 a 1 , na quarta-feira pela Copa Sul-Americana.

“Primeiro, a linha dos nossos times fica muito afastada. Aqui dentro acaba gerando times ofensivos, o que é bom, mas quando enfrentamos times de outros países, que se fecham e conseguem marcar, temos problemas. Outra questão é a intensidade do jogo, mais forte em alguns outros campeonatos”, disse o treinador, que tem usado esses argumentos para explicar alguns tropeços recentes da seleção brasileira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.