Tamanho do texto

Técnico comandou a seleção brasileira diante da Argentina, mas de novo não conseguiu vencer um adversário do primeiro escalão

Mesmo em busca de uma sequência que lhe dê confiança na seleção brasileira , Mano Menezes parece deixar saudades no Corinthians, seu último time antes de receber o convite da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Na tarde desta quinta-feira, o treinador ouviu o desejo de um torcedor: "Volta para o Corinthians ", disse o fã.

O pedido ocorreu no desembarque de Mano Menezes no Aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. O treinador retornava do empate sem gols contra a Argentina, na cidade de Córdoba, pelo Superclássico das Américas.

Sorridente, Mano Menezes deixou a entender que seria mais cômodo para a sua carreira a volta ao Parque São Jorge neste momento. O Corinthians é o primeiro colocado do Campeonato Brasileiro, com um ponto de vantagem sobre o Vasco. "Está líder, está bom para voltar, não é?", indagou o comandante.

No contato com os torcedores, Mano Menezes manteve a simpatia. Ele parou, inclusive, para tirar a foto com um menino.

Aos jornalistas, Mano Menezes evitou, entretanto, qualquer tipo de contato nesta quinta-feira para falar sobre os futuros planos da Seleção Brasileira. "Vocês já sabem, aeroporto não é local para as entrevistas", alegou.

Além de Mano Menezes, outros 12 atletas que defenderam a seleção brasileira na Argentina desembarcaram na capital paulista: os são-paulinos Casemiro, Cícero, Rhodolfo e Lucas, os santistas Rafael, Danilo e Neymar, os corintianos Paulinho e Ralf, o palmeirense Henrique, além de Rever (Atlético-MG) e Kleber (Internacional).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.