Tamanho do texto

Treinador não concordou com a postura do jogador, que criticou os torcedores por causa das vaias

null

Após ser criticado pela torcida por causa do pênalti desperdiçdo na derrota do Santos para o Flamengo por 5 a 4 nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, o meia Elano não foi poupado nem pelo técnico Muricy Ramalho. O treinador classificou o pênalti como “feio”, e não concordou com a postura do jogador em reclamar dos torcedores .

“Pelo pênalti que ele bateu, a torcida tratou bem demais, o pênalti foi duro, feio. Não vi esse protesto todo, ele veio aqui, legal reconhecer. Uma turma aplaudiu, outra vaiou”, afirmou o técnico Muricy Ramalho.

Siga o iG Santos no Twitter

O treinador também explicou o motivo da alteração no segundo tempo, quando sacou Elano para a entrada de Alan Kardec. “Tirei porque tomamos o quinto, pior coisa do mundo que acontece é saca o cara. Tirei porque precisava homem na área”, disse o treinador.

Muricy Ramalho foi o responsável por Elano fazer a cobrança de pênalti. Borges, batedor oficial da equipe, chegou a reclamar com o treinador quando o meia pegou a bola para fazer a cobrança. No entanto, o atacante foi avisado por Muricy que Elano seria o cobrador. Borges não gostou da decisão do treinador, foi acalmado pelos companheiros, e depois viu o meia desperdiçar a batida.

Entre para a Torcida Virtual

Elano cobrou o pênalti com “cavadinha” nas mãos do goleiro Felipe, quando o Santos vencia o jogo por 3 a 2. O goleiro do Flamengo ainda fez “embaixadinhas” com a bola após fazer a defesa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.