Tamanho do texto

Atacante está na lista de "negociáveis" do clube paulista, com quem tem contrato até 2014

Por meio de seu empresário, Jorge Henrique disse que pretende cumprir seu contrato
Futura Press
Por meio de seu empresário, Jorge Henrique disse que pretende cumprir seu contrato
Jorge Henrique está na lista dos jogadores negociáveis da diretoria do Corinthians . O atacante já foi posto como moeda de troca nas negociações com o Cruzeiro pelo meia Montillo e a boa imagem que ele tem no mercado é usada pelo clube paulista como um atrativo para eventuais transferências. O jogador e seu empresário, Roberto Gomes, estão cientes da situação. Mas sua intenção não é deixar o clube até o final do seu contrato, renovado neste ano até o final de 2014.

Leia também: Empresário de Tite se surpreende com ultimato dado por Andrés

"A gente lê umas notícias, sabe que o nome do Jorge Henrique é especulado em algumas trocas, mas não é interesse do Jorge deixar o Corinthians. Ele foi campeão paulista, da Copa do Brasil e agora do Brasileiro, já tem três anos no clube e uma identificação muito grande com a torcida, que só tende a aumentar nos próximos anos", disseo empresário ao iG .

E mais: Corinthians pode oferecer R$ 14,5 milhões e Jorge Henrique por Montillo

De férias em Recife, Jorge Henrique disse por meio de seu agente que ignora o interesse de outros clubes e que só deixará o Corinthians se receber uma "oferta irrecusável".

"O Jorge está de férias, vai curtir e se reapresentar no Corinthians no dia 4. Não tem nada fora disso. Isso só muda se for do interesse do Corinthians e se o Jorge receber uma oferta muito boa para deixar o clube. Só se for algo irrecusável. Ele acabou de renovar o contrato dele que entra em vigor agora no dia 1º de janeiro", completou o empresário.

A renovação de Jorge Henrique com o Corinthians foi bastante turbulenta . Em junho, quando o clube tentava envolvê-lo numa transferência com o Internacional para ter o meia Andrezinho, o jogador chegou a pedir o teto salarial imposto pelo Corinthians, um valor que só é pago a Adriano, Emerson, Alex e Liedson. As duas partes entraram em consenso e houve um acordo em que o reajuste salarial não foi tão alto quanto desejava o jogador.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.