Tamanho do texto

Com o título deste domingo, os donos da casa se igualam a Gana com dois campeonatos conquistados. Brasil possui três títulos

O México foi campeão Mundial sub 17 neste domingo, ao vencer o Uruguai, por 2 a 0, em casa, na Cidade do México. Com o resultado, ganhou o seu segundo título da categoria na história, visto que já havia conquistado a competição em 2005, contra o Brasil.

Depois de despachar a Alemanha na semifinal, por 3 a 2, os mexicanos chegaram embalados para decidir diante de sua torcida. No entanto, o Uruguai começou melhor, chegando com mais perigo à meta adversária na primeira etapa. Com 20 minutos de jogo, o jogo ficou mais equilibrado e o domínio mudou de lado.

Aos 30, depois de cruzamento na área, Fierro ajeitou de cabeça e Briseño marcou para os mexicanos que, logo depois, passaram a se defender mais e contra atacar até o fim da primeira parcial, apesar de grande pressão adversária.

No segundo tempo, o Uruguai tentou reagir e chegou bem perto com Alvarez, que mandou uma bola na trave aos 34. Entretanto, melhor no jogo, o México fechou o placar com a aposta do time durante boa parte do confronto: o contra ataque. Aos 46, um balde de água fria acabou com as esperanças celestes de conquistar seu primeiro Mundial sub 17: Gonzalez puxou pelo meio e passou para Giovani Casillas, que não perdoou e liquidou a partida.

Com o título de hoje, os donos da casa se igualam a Gana com dois campeonatos conquistados. À frente deles, só Brasil e Nigéria possuem mais, com três cada um.

Mexicanos comemoram o gol de Briseño, que inaugurou o placar da decisão
AFP
Mexicanos comemoram o gol de Briseño, que inaugurou o placar da decisão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.