Tamanho do texto

Argentina será anfitriã da competição, que começa em 1º de julho e vai até o dia 24 do mesmo mês

EFE
Messi negou briga com Tevez, antigo parceiro
O atacante Lionel Messi , do Barcelona , disse nesta terça-feira que sua próxima meta é ganhar a Copa América pela seleção da Argentina, para coroar a temporada de sucesso que teve com seu clube. Após conquistar a Liga dos Campeões , onde foi figura decisiva para o título do time catalão, o astro chegou ao seu país para alguns dias de férias. Depois, começará em 8 de junho a preparação para a disputa do torneio continental pela sua seleção.

"O mais importante agora é conseguir a Copa América", disse Messi. "Tive a sorte de ganhar tudo com o Barcelona, ganhar tudo individualmente e meu objetivo agora é ganhar coisas com a seleção argentina".

Messi mostrou irritação quando perguntado sobre o futuro de Carlitos Tevez , do Manchester City , na seleção da Argentina. Nas últimas semanas, surgiram várias especulações de que o atacante poderia ficar fora da equipe por vários motivos, incluindo uma suposta rixa com o astro do Barcelona. "Me fizeram lutar com [Juan Roman] Riquelme, com Carlitos [Tevez], com [Diego] Maradona e não tenho problemas com ninguém", disse Messi.

Ele lembrou que o tema "já foi falado por Carlitos e disse que não havia nada e é a realidade" e também destacou que segue "tendo contato e falando" com Maradona, que dirigiu a seleção da Argentina na Copa do Mundo de 2010, realizada na África do Sul.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.