Tamanho do texto

"A Copa não foi como esperávamos, mas foi um ano muito bom pessoalmente", disse o astro do Barcelona

Apesar da decepcionante campanha da Argentina na Copa do Mundo da África do Sul, Lionel Messi considera que teve um ano de sucesso. O astro se destacou no Barcelona e está entre os indicados ao prêmio Bola de Ouro da Fifa, dado ao melhor jogador do mundo, assim como Xavi Hernandez e Andrés Iniesta, seus companheiros de clube.

Após um começo de Copa do Mundo, a Argentina foi eliminada nas quartas de final ao ser goleada pela Alemanha por 4 a 0 na Cidade do Cabo. E Messi admite que o revés ainda o incomoda. "A Copa não foi como esperávamos, mas foi um ano muito bom pessoalmente, em meu clube", afirmou. Messi está na Argentina para passar as festas de fim de ano. "Tirando a Copa, foi um ano muito bom".

Pensando no futuro, Messi expressou seu desejo de ganhar a Copa América que será disputada na Argentina em 2011. A sua seleção não conquista o título deste torneio desde 1993, quando foi disputado no Equador. "A Copa América represente um objetivo muito importante", disse.

Sobre sua indicação ao prêmio Bola de Ouro da Fifa junto com Xavi e Iniesta, ele disse que ganhar o prêmio "está difícil", ainda que o assunto não o preocupe. "Não é o que me preocupa, quero seguir desta maneira, tanto no grupo quanto pessoalmente".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.