Tamanho do texto

Argentino pode se tornar o primeiro a vencer o prêmio da Fifa pela 3ª vez seguida, mas vê o companheiro Xavi como mais completo

Lionel Messi é o grande favorito para levar o prêmio de melhor jogador do mundo de 2011
Getty Images
Lionel Messi é o grande favorito para levar o prêmio de melhor jogador do mundo de 2011

Nesta segunda-feira, a partir das 16h (de Brasília), em Zurique, na Suiça, será anunciado o melhor jogador de futebol do planeta em 2011, com  Cristiano Ronaldo , Lionel Messi e Xavi concorrendo à Bola de Ouro da Fifa. Também serão entregues os prêmios à melhor jogadora do ano passado, com Marta entre as finalistas , aos melhores técnicos de futebol masculino e feminino e ao autor do gol mais bonito do ano, o prêmio Puskas, no qual Neymar está na disputa.

[]

O grande favorito à conquista do troféu principal é Messi. Se confirmar a condição, o argentino ganhará o prêmio pela terceira vez na carreira, igualando-se ao brasileiro Ronaldo e ao francês Zidane , também tricampeões. E mais. Sendo escolhido o melhor do mundo, o camisa 10 do Barcelona se transformará no primeiro jogador a ser contemplado três vezes seguidas - ele venceu em 2009 e 2010.

E MAIS: Confira números e curiosidades da Bola de Ouro, que completa 21 anos

E Messi tem tudo para conseguir o feito inédito. O argentino brilhou na conquista da Liga dos Campeões da Europa na metade de 2011, anotando um gol na final contra o Manchester United , e foi protagonista na goleada sobre o Santos, na decisão do Mundial de Clubes , anotando dois tentos. Sem contar a importância que teve no título do Barcelona no Campeonato Espanhol.

LEIA TAMBÉM: Marta e Neymar representam o futebol brasileiro no prêmio da Fifa

Porém, Messi ainda não ganhou tudo que é possível para um jogador de futebol. Ronaldo e Zidane, por exemplo, já foram eleitos melhores do mundo três vezes, brilharam nos clubes pelos quais passaram e, mais importante, foram fundamentais em suas respectivas seleções em Copas do Mundo. O brasileiro venceu os Mundiais de 1994, como reserva, e o de 2002, sendo artilheiro e fazendo dois gols na final. Zidane também marcou dois tentos na decisão de 1998, quando a França derrotou o Brasil.

E isso é o que falta para a vitoriosa e indiscutível carreira argentino. Ele não vingou com a camisa da sua seleção, pela qual coleciona decepções e atuações abaixo da média. Na Copa América de 2011, disputada na própria Argentina, Messi não conseguiu levar a equipe da casa além das quartas de final, perdendo para o Uruguai na disputa por pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo normal e prorrogação. 

Cristiano Ronaldo também está na briga
Reuters
Cristiano Ronaldo também está na briga
Menos favorito no prêmio da Fifa, mas não menos vitorioso, o espanhol Xavi é até mais completo que Messi. Pelo menos no quesito títulos. O meia do Barcelona também tem uma carreira recheada de conquistas importantes, incluindo a Eurocopa de 2008 e a Copa do Mundo de 2010 pela seleção da Espanha, tendo sido peça fundamental em ambas as campanhas.

O terceiro concorrente é o português Cristiano Ronaldo , que não tem tantos títulos como os rivais do Barcelona e, assim como Messi, precisa brilhar com a camisa da seleção do seu país. Entretanto, o camisa 7 do Real Madrid é o grande astro de seu clube e tem marcado cada vez mais gols. No Campeonato Espanhol que se encerrou no meio de 2011, ele fez nada menos que 40 gols , se transformando no jogador que mais fez gols em uma edição da competição.

Consciente de que Messi é o favorito a tri do prêmio da Fifa, Cristiano Ronaldo diz que não está preocupado. "Não sei se ganharei ou não. O Real Madrid está bem, eu também me encontro bem e minha seleção irá para a Eurocopa. Assim estou feliz. A Bola de Ouro não é minha prioridade e nem me preocupa agora", comentou o português.

Outros prêmios
Além da Bola de Ouro para o melhor jogador masculino de 2011, a Fifa também vai divulgar vencedores em outras categorias. Veja abaixo os concorrentes:

Jogadora do ano Fifa
Marta (BRA), Homare Sawa (JAP) e Abby Wambach (EUA)

Treinador do ano
Categoria masculino : Alex Ferguson (Manchester United), Pep Guardiola (Barcelona) e José Mourinho (Real Madrid)
Categoria feminino : Bruno Bini (seleção francesa), Norio Sasaki (seleção japonesa) e Pia Sundhage (seleção sueca)

Prêmio Puskas (gol mais bonito do ano, assista abaixo)
Neymar (BRA), Messi (ARG) e Rooney (ING)

null

Prêmio Presidencial
É concedido desde 2001 a uma pessoa ou instituição que tenha dado uma contribuição considerável ao futebol "sem chamar atenção", como define a própria Fifa. O Prêmio Presidencial pode ser concedido em homenagem a um único acontecimento, a uma vida inteira de serviço ou ainda a um comportamento exemplar.

Prêmio Fifa Fair Play
A premiação é concedida a torcedores de clubes e seleções e também a federações e jogadores de futebol que demonstrem bom comportamento dentro de campo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.