Tamanho do texto

Torcedor visitou estádio e foi hostilizado por gremistas que aguardam chegada de Ronaldinho

A espera por Ronaldinho Gaúcho provocou um tumulto na tarde desta sexta-feira no Olímpico. Ao verem uma criança com a camiseta do Internacional no pátio do estádio, cerca de 100 gremistas começaram a cantar músicas contra o rival. A Brigada Militar precisou ser chamada para evitar problemas. Escoltado, o torcedor colorado foi embora em segurança.

O menino aparentava ter dez anos e estava acompanhado pelos pais e uma irmã. Ele vestia a camiseta branca do Inter, a do segundo uniforme. Ao começar a ser hostilizado verbalmente, buscou refúgio no Memorial Hermínio Bittencourt, o museu do Grêmio. No trajeto, falou com alguns dos fotógrafos que aguardam o possível anúncio da contratação de Ronaldinho.

“A minha irmã é gremista e viemos visitar o estádio”, disse um assustado garoto.

Por cerca de uma hora, a família, natural de Santa Catarina, ficou protegida no museu. Foi quando a segurança do Grêmio chamou a Brigada Militar. Os quatro, então, saíram por uma porta lateral. Depois disso, os torcedores gremistas se acalmaram e passaram apenas a aguardar uma definição sobre o possível retorno de Ronaldinho.

Torcedores ficaram em frente ao musou onde colorado se encondeu
Hector Werlang
Torcedores ficaram em frente ao musou onde colorado se encondeu

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.