Tamanho do texto

Técnico da seleção disse que já estudava dar a chance para o meia-atacante são paulino há muito tempo

selo

Mowa Press
Lucas treina como titular da seleção brasileira
Mano Menezes surpreendeu no treino desta terça-feira ao testar uma formação mais ofensiva na seleção brasileira , em preparação para o segundo jogo com a Argentina, pelo Superclássico das Américas. O técnico reforçou o ataque do time com a escalação de Lucas no meio-campo, logo atrás de Ronaldinho, Neymar e Borges.

Entre na Torcida Virtual do São Paulo e mande sua força para Lucas

A formação mais ousada deverá mudar o estilo de jogo da equipe. "O Lucas era uma opção que eu estudava havia muito tempo. Com ele, vamos ter de armar o time de modo diferente, a característica da equipe vai mudar, sacrificando um pouco mais a retomada de bola e tendo de prender mais um dos laterais", disse Mano, que definiu a escalação de Rômulo como volante para substituir o cortado Paulinho e dar mais proteção à zaga.

No ataque, o treinador explicou que dará uma chance a Borges entre os titulares por causa da ausência de Fred. "A minha escolha pelo Borges é pela fase muito boa dele no Santos. Estou lhe dando esta oportunidade, pois nos próximos dois jogos vou ter o Fred", afirmou.

Mano também comentou a escalação da Argentina. O treinador deixou claro seu descontentamento com a decisão da organização do Superclássico de permitir que o adversário escale jogadores que atuam no exterior - se referia aos atletas em atividade no Brasil, Guiñazú, Montillo e Bolatti, convocados pelo rival.